Ir para o conteúdo

AM emitiu mais de 308 mil Carteiras de Identidade Nacional em um ano

O documento é emitido pela SSP-AM, que reforça que o antigo RG ainda tem validade até 2032

O Amazonas emitiu mais de 308 mil Carteiras de Identidade Nacional (CINs), no primeiro ano de lançamento do novo documento. Os números mostram que o serviço oferecido de forma gratuita pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), por meio do Instituto de Identificação Aderson Conceição de Melo (IIACM), proporcionou o documento a mais de 25 mil cidadãos, a cada mês, no Amazonas.

O diretor do IIACM, Mahatma Porto, destacou que todo cidadão que solicitou a nova CIN e estava com a documentação de acordo com as exigências da Receita Federal, teve o documento expedido, reforçando que o antigo Registro Geral (RG) ainda tem validade até 2032. Durante esses próximos 8 anos, quem tiver o antigo documento em mãos e esteja sem rasuras, ou seja, bem conservado, não precisa se preocupar em tirar com brevidade o novo documento.

“Todos os 62 municípios começaram a realizar o atendimento da nova Carteira de Identidade Nacional, simultaneamente, em 26 de abril de 2023. Fomos o sexto Estado a iniciar essa emissão, que só se tornou obrigatória este ano. Em um ano, conseguimos expedir mais de 308 mil carteiras no novo modelo. Sabemos que ainda temos muito a realizar, mas a população pode ficar tranquila que ninguém ficará sem ter o novo documento em mãos”, afirmou Porto.

Não Obrigatoriedade

O RG ainda tem validade até 2032, por conta disso, o diretor do IIACM reforçou sobre quem deve, neste momento, solicitar a Carteira de Identidade Nacional.

“Ressaltamos que o antigo RG ainda permanecerá válido por mais 8 anos. Essa é uma grande dúvida da maioria dos cidadãos. A gente reforça mais uma vez que não precisa ter pressa para solicitar um novo documento. Mas aquelas pessoas que nunca tiraram documento de identidade, que perderam por algum incidente ou que estão com o RG expedido há mais de 10 anos, essas, sim, podem solicitar atendimento”, salientou Mahatma.

Apesar da dica, Porto reforçou que todo o cidadão, exceto os com prioridade, pode solicitar a CIN, mas para isso, deve fazer um agendamento por meio do site da SSP-AM. No endereço eletrônico constam todas as informações sobre a documentação necessária para a solicitação da nova Identidade.

“Uma outra dica é que todos os serviços oferecidos pela Secretaria de Segurança são gratuitos! Não precisa pagar para agendar, para solicitar ou emitir o documento. Tudo é feito de forma gratuita, sem nenhum custo ao cidadão, e quem estiver cobrando por qualquer um desses serviços está incorrendo em crime, estando sujeito às penalidades da Lei”, reforçou o diretor.

Mais Segurança

Com a chegada da nova CIN, houve a unificação dos dados em um sistema integrado, promovendo mais segurança para os dados do cidadão, o que influencia diretamente na segurança pública, possibilitando que pessoas que estavam com pendencias junto à Justiça fossem identificadas e presas, além de auxiliar na interceptação de possíveis fraudes.

Durante esse primeiro ano, mais de 15 foragidos da Justiça foram identificados e presos. As identificações foram realizadas após o suspeito ter feito a solicitação do novo documento, o que demonstra toda a robustez do sistema.

Agendamento

Desde a implantação, o sistema de agendamento passou por adequações, tudo com intuito de melhorar o serviço oferecido à população.  Novas travas de segurança foram aplicadas no processo, o que passou a proporcionar mais tempo de acesso ao agendamento no site da https://www.ssp.am.gov.br/. Na página, o cidadão pode conferir toda a documentação exigida para solicitar o documento.

Documento digital

A CIN também, após recebida pelo cidadão, pode ser acessada na sua forma digital. Esta versão, que pode ser baixada no celular, tem a mesma validade do documento físico, garantida em lei. Para acessar o documento em sua versão digital o cidadão precisar estar cadastrado no aplicativo Gov.Br, do Governo Federal, e seguir as orientações oferecidas pela plataforma.

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes