Ir para o conteúdo

Amazonas Energia leva conscientização ambiental a crianças do bairro União em Manaus

Agentes da empresa ensinaram os “curumins” a protegerem os saiuns-de-coleira

Alegria, diversão e conscientização sobre o meio ambiente marcaram mais uma edição do projeto "Amigos da Floresta", desenvolvido pela concessionária Amazonas Energia nas escolas da rede municipal de Manaus. Nesta quarta-feira (27/09), alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Phelippe Daou, localizado no bairro da União, zona centro-sul de Manaus, apreenderam a preservar a fauna manauense, sobretudo o saium-de-coleira, espécie ameaçada de extinção.

De acordo com a analista ambiental da Amazonas Energia, Eliza Sena, no mês de junho deste ano, na Semana do Meio Ambiente, a concessionária retomou o projeto de conscientização nas escolas, em especial na educação básica. “Estabelecemos de escolher uma escola por mês para trazer essa ação. Nosso objetivo é falar sobre educação ambiental com uma linguagem mais lúdica. A gente procura sempre escolas que têm crianças e daqui para frente temos uma prospecção de ampliar esse projeto, levar para o ensino médio, a universidade, com uma linguagem mais adequada. E os resultados são muito bons, onde as escolas têm uma proximidade maior da gente”, disse a analista.

As crianças assistiram ao vídeo que ensina a proteger o macaco saium-de-coleira e em seguida receberam brindes lúdicos sobre a proteção do meio ambiente.

Uma nova energia

Eliza Sena ressaltou que concomitantemente com o projeto “Amigos da Floresta”, a Amazonas Energia leva a ação “Uma nova energia”, que tem como objetivo a troca de produtos com funcionamento precário por equipamentos mais eficientes e de menor consumo.

“O projeto objetiva trocar lâmpadas antigas que consumem mais por lâmpadas que consomem menos, assim o consumidor reduz a conta de energia e protege o meio ambiente. E assim acontece também com a troca de geladeira. Eles selecionam as famílias mais carentes, vistoriam o equipamento e fazem a troca das geladeiras ineficientes, das que consomem mais por uma geladeira que consome menos”, destacou.

A professora Maria da Paz agradeceu a iniciativa da Amazonas Energia. “Eu agradeço a participação porque enfatiza o trabalho que a gente realiza em sala de aula, porque as crianças têm de começar da base a aprender desde cedo a preservar e valorizar a nossa biodiversidade”, declarou.

A dona de casa Andreza Maciel, 27, que é mãe de uma estudante da unidade educacional, avaliou como positiva a iniciativa da empresa. “Eles vão apreendendo desde criança sobre o que é o certo e o que é errado. Vi a propaganda no grupo da minha filha e achei interessante”.

A próxima ação do “Amigos da floresta” deve ocorrer em outubro.

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes