Ir para o conteúdo

Amazonas será sede da Copa do Mundo Feminina de 2027

Brasil foi eleito o país sede da competição em Congresso da FIFA e Arena da Amazônia é um dos estádios escolhidos para os jogos

Arena da Amazônia será um dos estádios que receberão a Copa do Mundo Feminina

A Arena da Amazônia será um dos dez estádios que receberão a Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2027, o anúncio aconteceu no Congresso da Federação Internacional de Futebol (FIFA) em Bangkok, na Tailândia, na manhã desta sexta-feira (17/05). A praça esportiva em Manaus, administrada pelo Governo do Amazonas, já foi palco de quatro jogos da Copa do Mundo FIFA de 2014 e jogos das Olimpíadas de 2016.

“É com grande orgulho e responsabilidade que recebemos a escolha da Arena da Amazônia como sede da Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2027. Este é um reconhecimento não só da qualidade de nossa infraestrutura esportiva, que já se provou em eventos de calibre mundial, mas também do compromisso do Governo do Amazonas com o desenvolvimento do esporte”, disse o secretário de Estado do Desporto e Lazer (Sedel), Jorge Oliveira.

A votação aconteceu no Queen Sirikit National Convetion Center, onde 211 representantes dos membros da FIFA definiram o país anfitrião do torneio. Na candidatura, o Brasil disputou com a Bélgica, Alemanha e Holanda, que se uniram para sediar o evento. A escolha pela sede brasileira é um marco para o continente, pois será a primeira vez que a Copa do Mundo Feminina será disputada na América do Sul.

O projeto do Brasil tinha como slogan “Uma Escolha Natural”, defendendo pilares como direito das mulheres, sustentabilidade econômica, social e ambiental, além de fazer referências aos povos originários e riquezas naturais. Como contrapartida, o legado do Mundial Feminino será o fortalecimento da modalidade, capacitação de profissionais e o incentivo do esporte para as mulheres.

A Arena da Amazônia sediou quatro jogos da fase de grupos da Copa do Mundo de 2014: Inglaterra e Itália, Camarões e Croácia, Estados Unidos e Portugal, Honduras e Suíça. O estádio também foi uma das sedes dos Jogos Olímpicos Rio 2016, para as partidas de futebol. Além de seu uso para grandes eventos, o estádio é vital para o desenvolvimento do futebol no Amazonas, proporcionando uma infraestrutura de nível mundial para os times locais e suas torcidas.

Estádios sedes

Arena Castelão (Fortaleza-CE)

Arena da Amazônia (Manaus-AM)

Arena de Pernambuco (Recife-PE)

Arena Fonte Nova (Salvador-BA)

Arena Pantanal (Cuiabá-MT)

Beira-Rio (Porto Alegre-RS)

Mané Garrincha (Brasília-DF)

Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

Mineirão (Belo Horizonte-MG)

Neo Química Arena (São Paulo-SP)

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes