Ir para o conteúdo

Amazonas tem 74 mil empresas inadimplentes registradas em outubro, indica Serasa Experian

O indicador mostra o segmento de atuação da empresa negativada, onde a categoria "Serviços" se destacou com uma participação de 54,6%

Serasa analisa endividamento
Serasa analisa endividamento

Em outubro, 422.707 companhias do Norte do país fecharam o mês no vermelho, segundo o Indicador de Inadimplência das Empresas da Serasa Experian. O maior número de companhias com contas em atraso foi do Pará (150.927) e o menor registro ficou com Roraima (9.137). Veja os números de todas as Unidades Federativas (UFs) da região no gráfico a seguir:

No cenário nacional, o Indicador de Inadimplência das Empresas da Serasa Experian revelou que, em outubro, foram contabilizados 6,6 milhões de CNPJs no vermelho, evidenciando uma estabilidade que persiste desde julho de 2023. No período analisado, as dívidas somaram R$ 125,8 bilhões e o ticket médio de cada conta atrasada foi estimado em R$ 2.663,10. Veja abaixo a evolução do índice:

A inadimplência das companhias encontra-se, atualmente, em um estágio de estabilidade, possivelmente refletindo os efeitos da redução da taxa Selic e da diminuição da inflação. Esses fatores têm impactado diretamente nos bolsos dos brasileiros, repercutindo, por consequência, nos recursos das empresas. Com uma maior disponibilidade de capital no mercado e sinais de recuperação econômica, a expectativa para os próximos meses é de que os negócios possam recuperar parte de seu fôlego, contribuindo para a diminuição do avanço da insolvência no país", analisa o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi.

O indicador também mostra o segmento de atuação da empresa negativada, onde a categoria "Serviços" se destacou com uma participação de 54,6%. Em segundo lugar estava o setor "Comércio" com 36,6%, seguido por "Indústria" com 7,6%, "Primário" com 0,8% e "Outros" com 0,4%. Esse último agrupamento abrange negócios relacionados ao setor "Financeiro" e ao "Terceiro Setor".

Com relação ao setor das dívidas, a maior parte delas é de “Outros” (28,6%), que considera contas com Indústrias, Terceiro Setor e Primário. O segmento com menor incidência de atrasos foi o de “Securitizadoras” (1,0%). Veja, a seguir, o detalhamento completo deste recorte:

São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul lideraram o ranking dos estados com os maiores números de empresas inadimplentes. Já os cinco estados que menos registraram contas em atraso foram Roraima, Acre, Amapá, Tocantins e Piauí. Veja, a seguir, o gráfico com todas as Unidades Federativas (UFs):

Inadimplência predomina entre Micro e Pequenas Empresas

Das 6,6 milhões de companhias negativadas em outubro, 5,9 milhões eram de micro e pequeno porte. A análise revelou que houve um leve aumento em relação aos meses anteriores. Veja, a seguir, o levantamento completo mês a mês:

Solução Serasa Experian Recuperação de dívidas

Recuperar crédito pode ser um processo difícil, principalmente quando a empresa precisa cobrar seus clientes inadimplentes ou está com dificuldades financeiras para cumprir com os compromissos financeiros firmados com credores, parceiros e fornecedores. Ter um bom processo de recuperação de crédito é a saída, pois garante que a saúde financeira do negócio não seja prejudicada. Para isso, é necessário entender o perfil dos devedores, as regras de cobrança e as legislações vigentes para não gerar problemas maiores.

Com a solução de Recuperação de Dívidas da Serasa Experian, desenvolvida exclusivamente para pequenas e médias empresas, os empreendedores economizam tempo e dinheiro, além de evitar desgastes por conta de inadimplência. Mais informações estão disponíveis aqui.

Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes