Ir para o conteúdo

Base Arpão apreende mais de 9 toneladas de pescado, em Coari

Pescado apreendido foi doado para instituições sociais e comunidades ribeirinhas

Policiais militares da Base Arpão I apreenderam mais de 9 toneladas de pescado ilegal, nas proximidades do município de Coari (distante a 363 quilômetros de Manaus). Além da apreensão de pirarucu um homem recebeu voz de prisão em flagrante por crime ambiental.

O barco pesqueiro Cmt Elton II foi abordado por volta de 1h da manhã deste sábado (03/02), por militares coordenados pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM). Durante a revista no porão da embarcação, os policiais militares encontraram mantas de peixe pirarucu e também o mesmo pescado enrolado em formato de charuto.

Ao todo, foram apreendidos aproximadamente 2,5 toneladas de pirarucu em mantas e cerca de 6,5 toneladas do mesmo pescado em formato de charuto. A apreensão gerou um dano ao crime de pesca ilegal estimado em R$ 270 mil.

A autoridade de Polícia Civil (PC-AM), da delegacia da Base Arpão, lavrou o flagrante delito e determinou que o pescado apreendido fosse doado. As doações atendem a Fundação Pestalozzi, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Coari e também famílias que moram em comunidades ribeirinhas.

Operação da SSP-AM

A apreensão foi realizada durante o cumprimento da operação Protetor das Fronteiras, coordenada no Amazonas pelo Gabinete de Gestão Integrada de Fronteiras e Divisas, da SSP-AM. As ações realizadas por policiais e outros servidores que atuam nas Bases Militares visam o combate aos crimes praticados a partir dos rios do Amazonas.

Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes