Ir para o conteúdo

Caso Djidja: ex-namorado e personal são presos

Bruno estava na casa da ex-sinhazinha no dia em que ela foi encontrada morta.

Hatus, Djidja e Bruno

O ex-namorado de Djidja Cardoso, Bruno Roberto da Silva Lima, e o coach Hatus Silveira, foram presos nesta sexta-feira (7) em uma nova fase da investigação que apura a morte da ex-sinhazinha do Boi Garantido. A matéria é do D24AM.

De acordo com as investigações, Bruno estava na casa da ex-sinhazinha no dia em que ela foi encontrada morta. Foi ele quem teria acionado a polícia para comunicar a ocorrência. Bruno estava com o carro de Djidja e abandonou o veículo um dia após sua morte, na avenida Boulevard, no bairro Praça 14, na zona sul de Manaus. A informação foi confirmada pelo advogado de Bruno, Luke Pacheco.

Já o personal Hatus Silveira revelou que a ex-sinhazinha aplicou cetamina de surpresa nele durante uma visita até a casa onde ela morava

Mãe, irmão, Verônica da Costa Seixas e Marlisson Vasconcelos Dantas, funcionários de Djidja, estão presos em cumprimento a mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça do Amazonas.  

A maquiadora Claudiele Santos da Silva, 34, foi liberada da  Central de Acompanhamento de Alternativas Penais do Amazonas (Ciapa) após ter a prisão preventiva convertida para domiciliar.

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes