Ir para o conteúdo

Cerca de uma tonelada de pedra semipreciosa é apreendida em embarcação no Rio Negro

Todo o material estava escondido dentro de sacos camuflados entre latas para reciclagem

Material apreendido.

Cerca de uma tonelada do mineral vivianita, um tipo de pedra semipreciosa, nessa quarta-feira (29/05), pela Polícia Militar, em uma embarcação, durante fiscalização na Base Fluvial Arpão 2, no Rio Negro, nas proximidades de Barcelos (a 399 quilômetros de Manaus). Todo o material estava escondido dentro de sacos camuflados entre latas para reciclagem.

A fiscalização foi iniciada por volta das 16h30, no ferry boat Raul Araújo. Durante a inspeção, os policiais militares, coordenados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), detectaram objetos suspeitos dentro dos sacos de lona preenchidos com as latas amassadas.

A polícia solicitou à tripulação que abrisse um dos sacos para verificação. Após a abertura, os policiais constataram a presença de pedras de vivianita, cuja origem foi comprovada pela perícia realizada pela equipe do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC). O minério é considerado raro e de alto valor comercial.

Todos os sacos com as mesmas características foram abertos, dentro dos quais foram apreendidos ao todo 936 quilos do mineral. Toda a apreensão foi avaliada em R$ 1.872.000,00.

Procedimento

Todo o mineral apreendido foi encaminhado para a equipe da Polícia Civil (PC-AM), onde o comandante da embarcação foi responsabilizado. As investigações seguirão em curso para identificar os responsáveis pela extração.

Outra apreensão

No final do mês de abril (28/04), cerca de 20 kg do mesmo mineral, vivianita, foram apreendidos pelas equipes da Base Arpão 2. O mineral estava escondido dentro de caixas de papelão.

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes