Ir para o conteúdo

Criança é encontrada vagando por mata após morte da mãe e irmão no AM

Os corpos da mãe e do irmão foram encontrados em uma área de mata

Mãe e filho indígenas foram encontrados mortos em uma área de mata próximo as aldeias Tikuna de Porto Cordeirinho e Filadélfia, em Benjamin Constant (a 1.121 quilômetros de Manaus), no último domingo (28). A mulher estava com marcas de tiros no corpo e a criança com o pescoço degolado. As informações são do G1 Amazonas.

De acordo com a publicação, a filha mais velha da vítima, de sete anos, foi encontrada perdida na mata, com um ferimento no pescoço e muito debilitada. Ela foi levada ao hospital da cidade para receber atendimento e fazer exame para saber se havia sofrido algum tipo de abuso.

A garota, que fala espanhol, informou que vivia com a mãe e o irmão de quatro anos em uma casa e eles estavam desaparecidos. Foi montado um grupo de buscas, ainda na tarde de domingo.

Na manhã desta segunda-feira (29), moradores da área informaram que tinham encontrado o corpo da mulher coberto por folhas de bananeira, com perfurações, possivelmente provocadas por tiro de espingarda. O filho foi encontrado em um outro local com o pescoço degolado.

A Policia Civil, com o apoio da Polícia Militar e Secretaria de Segurança Pública de Benjamin Constant, continua a investigação para tentar encontrar o suspeito de cometer o crime.


Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes