Ir para o conteúdo

Embaixada dos EUA abre 125 vagas para curso de inglês básico na Amazônia Legal

O curso irá abordar a sustentabilidade alinhada à aprendizagem do idioma

A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil abre as inscrições para o programa Access Amazon, que tem como objetivo ensinar inglês básico e expandir o potencial de liderança por meio da troca de experiências e práticas em relação ao meio ambiente e questões da Amazônia, seus povos e culturas. Os interessados devem ser alfabetizados em português e podem se candidatar até 12h do dia 18 de dezembro por meio do link: https://www.maisunidos.org/access_amazon/.

Nesta segunda edição do programa, que vai acontecer entre fevereiro de 2024 e junho de 2025, serão disponibilizadas 125 vagas destinadas para indígenas, quilombolas e ribeirinhos com idade entre 20 e 40 anos, residentes nos estados da Amazônia Legal. O projeto conta com a implementação do Grupo +Unidos.

O programa é voltado, preferencialmente, para pessoas sem conhecimento prévio de inglês que residam nos estados brasileiros que compõem a Amazônia Legal. Caso haja vagas, em ordem de prioridade, também serão aceitas inscrições de ativistas, acadêmicos e profissionais engajados em assuntos de sustentabilidade na região.

O curso on-line oferecerá cinco turmas de 25 estudantes e 360 horas-aula on-line, 160 a mais do que na primeira edição. Durante as aulas, os participantes irão vivenciar o idioma enquanto compartilham suas experiências e práticas em relação ao meio ambiente e questões da Amazônia, seus povos e culturas.

“Com um melhor domínio do inglês, eles poderão advogar em causa própria e também por suas comunidades em um nível internacional, além de estar melhor preparados para oportunidades em que o idioma é pré-requisito”, ressalta o diretor do Escritório Regional de Língua Inglesa da Embaixada dos Estados Unidos, Scott Chiverton.

Daniel Grynberg, diretor executivo do Grupo +Unidos, enfatiza que “o propósito é fazer com que o idioma realmente impacte na vida de quem vive nos diferentes estados da Amazônia Legal, promovendo a inclusão social”.

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes