Ir para o conteúdo

Dia Histórico - Eneva lança projeto Azulão 950 para transformar gás natural em energia elétrica

O Complexo Azulão 950 passará a gerar, a partir de 2026, 950 MW de energia, gerando 5 mil empregos diretos e indiretos

Carimônia aconteceu em Silves - Fotos: Bruno Zanardo/ Eneva

(Silves - AM) - A Eneva lançou nesta segunda-feira (25), no município de Silves (a 181 quilômetros de Manaus), o Complexo Azulão 950, que passará a gerar, a partir de 2026, 950 MW de energia, gerando 5 mil empregos diretos e indiretos. No total, o projeto representa um investimento de R$ 5,8 bilhões,  de acordo com o
Diretor presidente da Eneva, Lino Cançado.

A cerimônia de lançamento aconteceu às 13h e foi acompanhada por grupo de jornalistas que patira de ônibus de Manaus, por volta das 6h manhã para base do Azulão, em Silves.

O dia histórico também contou com a presença do governador Wiison Lima (UB), do vice- governador, Tadeu de Souza (Avante), deputado estadual Sinésio Campos (PT) e do prefeito de Silves, Raimundo Paulo Gama. Em seu discurso, Wilson Lima reforçou a parceria com a Eneva e disse que a presença do governador no evento é uma prova incontestável do "compromisso com a Eneva e com quem vem
Investir no Amazonas”.

— Eu vim do interior do Pará onde sempre ouvi falar de em desenvolvimento, riquezas, e que um dia o desenvolvimento iria chegar. Mas o tempo passou e vimos que pouca coisa mudou. Aqui no Amazonas não era diferente. Sempre ouvíamos falar em novas matrizes, e que não era justo ter tantas riquezas sob nosso solo e a nossa população continuar vivendo na pobreza.

O governador observou que a preservação ambiental e o desenvolvimento sustentável são fundamentais para que o planeta não entre em colapso.

— Mas meus amigos, não há outro caminho se a gente não sustentar isso na lógica econômica. A lógica e a razão econômica é a base econômica é situação sinequanon para que as coisas aconteçam.

Como exemplo, Wilson citou que junto com a Eneva está entregando uma matriz econômica que tem um potencial muito grande.

— Aqui é só um pedaço do potencial que o estado do Amazonas tem. O Estado do Amazonas tem em reservas descobertas de gás natural algo em torno de 40 milhões de metros cúbicos. Só a Eneva tem 20 milhões - disse o governador.

Ele destacou que está entregando, também em parceria com a Eneva, a Escola Técnica de Silva ( Cetam), para  prover mão de obra não só para Silvas, mas também em outras áreas, através dos cursos de Técnico em Gás e Energia, Técnico em Eletro Mecânica é Agropecuária e Qualificação e Instrumentação.

— Além disso, vamos dar uma bolsa de R$ 1.300 para cada candidato que se inscrever no curso -, anunciou Wilson Lima.

Eneva anuncia novos investimentos que podem chegar a R$ 600 milhões no Amazonas
A empresa declara comercialidade de dois novos campos de gás natural, ambos em Silves
Publicidade TCE
Publicidade CIESA
Publicidade UEA

Mais Recentes