Ir para o conteúdo

Estoque de sangue no Hemoam volta a ficar crítico e hemocentro convoca doadores

Nesta terça-feira, o Hemoam recebeu 120 doações, menos da metade da necessidade diária do hemocentro

O principal impacto é nas doações dos tipos O+ e O-, que se encontram muito abaixo da meta diária

Esta semana a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) registrou uma queda no número de doações de sangue, o que fez o estoque ficar crítico. O órgão convoca doadores para comparecerem à Fundação para doação.

Na terça-feira (12/03), o Hemoam recebeu 120 doações, menos da metade da necessidade diária do hemocentro. O principal impacto é nas doações dos tipos O+ e O-, que se encontram muito abaixo da meta diária.

A diminuição do comparecimento de doadores e as inaptidões têm sido os principais fatores do estoque crítico. Segundo o setor de captação de doadores do Hemoam, muitas pessoas deixam de comparecer devido às doenças sazonais do período, como gripes, covid e dengue. Dos quase 2 mil comparecimentos este mês, cerca de 35% foram considerados inaptos.

O abastecimento crítico é uma ameaça ao atendimento de transfusão na rede pública e privada de saúde, podendo comprometer a realização de procedimentos como cirurgias e transfusões para pacientes de doenças crônicas e câncer, além de vítimas de acidentes.

Requisitos

Para se tornar um doador basta estar com boa saúde, ter entre 18 a 69 anos e pesar mais de 50 quilos. Caso tenha entre 16 e 17 anos pode doar somente acompanhado do responsável ou representante legal. Também é importante estar bem alimentado e munido de documento de identidade oficial com foto (RG, CNH, passaporte ou Carteira de Trabalho).

O Hemoam funciona de segunda a sábado, das 7h às 18h, na avenida Constantino Nery, nº 4397, Chapada.

Publicidade TCE
Publicidade CIESA
Publicidade UEA

Mais Recentes