Ir para o conteúdo

Governo do Amazonas aprovou mais de R$ 5 bilhões em projetos para o PIM em 2023

Foram mais de 8 mil novos postos de trabalho projetados para a Zona Franca Manaus

Serafim Correa, titular da Sedecti

O Governo do Amazonas trabalha para atrair novos investimentos. Em 2023, o Conselho de Desenvolvimento do Amazonas (Codam), coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), aprovou mais de R$ 5 bilhões em projetos para o Polo Industrial de Manaus (PIM), com mais de 8 mil novos postos de trabalho projetados para a Zona Franca, representando o maior número dos últimos dez anos.

De acordo com o titular da Sedecti, Serafim Corrêa, para o alcance dos números e atrair novos investidores para impulsionar a economia do estado, a Sedecti realizou mais de 200 contatos com empresas, sendo esses investidores do ramo da indústria de eletroeletrônicos, bens de informática e duas rodas.

“A determinação do governador Wilson Lima é que possamos melhorar o ambiente de negócios no Amazonas. O ambiente já melhorou muito, mas ainda falta muito, temos muito a fazer. O que se espera é que, com a diminuição da burocracia e com o aumento da celeridade nas soluções, nós possamos estimular a economia como um todo”, destaca Serafim Corrêa.

De acordo com Serafim, para facilitar o processo de investimento, o site Invista no Amazonas foi criado como uma plataforma crucial para fornecer informações relevantes com foco nos investidores de diferentes países. Além do site, os investidores têm acesso ao Guia de Incentivos Fiscais, que oferece uma visão detalhada das vantagens fiscais estaduais e federais.

O Estado do Amazonas desempenha um papel ativo na composição do Plano Regional de Desenvolvimento da Amazônia (PRDA) para o período de 2020 a 2023. A Sedecti enviou 40 projetos abrangendo diversas áreas, tais como Infraestrutura, Desenvolvimento Produtivo, Ciência, Tecnologia e Inovação, Turismo e Meio Ambiente.

Todos os projetos apresentados foram aprovados na Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e Ministério da Economia. Entre os projetos destacam-se a recuperação e pavimentação da Rodovia BR-319; pavimentação e recuperação da BR-307; recuperação e pavimentação da Estrada ZF-7; Distrito Agroindustrial de Rio Preto da Eva – Darpe; Distrito de Desenvolvimento Regional de Manacapuru e Iranduba; Zoneamento Ecológico Econômico do Estado do Amazonas; implantação do Complexo Naval, Mineral e de Logística do Estado do Amazonas (Polo Naval do Amazonas); recuperação e manutenção das rodovias estaduais e ramais na BR-319 e outros.

Em 2023 o Governo do Amazonas adensou as cadeias produtivas e buscou superar as desigualdades regionais com o avanço Núcleo Estadual de Arranjos Produtivos Locais do Estado do Amazonas (NE-APL/AM), com ciclo de reuniões e oficinas. Além disso, o Estado avançou e atualizou as atividades da Comissão Estadual do Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE).

“Uma das atividades que avançaram foi o Projeto Piloto da Fibra de Curauá, o qual será implantado na comunidade do Novo Remanso, no município de Itacoatiara, recurso aportado pela iniciativa privada (Tutiplast) e com apoio da Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) e Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA)”, explica o secretário-executivo de Desenvolvimento Econômico da Sedecti, Gustavo Igrejas.

Projetos em continuidade

Em 2023, na área de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), o Governo do Amazonas, por meio da Sedecti, apoiou diversos projetos como o Parque Científico Tecnológico (PCT), Plano Estadual de Bioeconomia e com a formação de Grupos Técnicos para temas específicos, como o da Borracha, Transtorno do Espectro Autista e Tecnologia e Inovação.

“Neste ano, parcerias estratégicas foram estabelecidas, como a criação de uma linha de crédito exclusiva para startups em colaboração com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam). A Sedecti também fez parte do Comitê Gestor do Programa de Apoio à Inovação Tecnológico (Tecnova) e do Programa Nacional de Apoio à Geração de Empreendimentos Inovadores (Centelha)”, ressaltou o secretário-executivo de Ciência, Tecnologia e Inovação da Sedecti, Jeibi Medeiros.

PPA 2024-2027

Em 2023, o Governo do Amazonas, por meio da Sedecti, entregou o Plano Plurianual 2024-2027 (PPA) para a avaliação e votação dos membros da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), quando foi aprovado. O Plano Plurianual é um instrumento de planejamento orçamentário governamental, que estabelece as metas para o próximo quadriênio. A Consulta Pública (PPA Participativo) envolveu mais de 5,3 mil participações, priorizando demandas por meio de uma plataforma on-line.

“A Sedecti é a secretaria que elabora o Plano Plurianual, mas ela consolida todos os pleitos vindos de todas as áreas do Estado. É um documento longo, que eu recomendo a leitura de todos”, pontuou Serafim.

Em 2023, a Sedecti produziu o Anuário Estatístico e a 6ª edição do Amazonas em Mapas, proporcionando uma visão abrangente dos municípios. “O Geoportal Amazonas em Mapas, em cooperação com a Fundação Itaú, funciona como suporte científico para a tomada de decisões. A revisão da Divisão Político Administrativa, firmada com o Instituto Brasileiro de Geografia de Estatística do IBGE, busca atualizar os limites territoriais dos municípios”, declarou a secretária-executiva de Planejamento, Sonia Janete Gomes.

Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes