Ir para o conteúdo

IML procura familiares de mulher de Goiânia que morreu em hotel na Ponta Negra

Glaicy Kelle Nascimento Souza tinha 40 anos e foi encontrada morta na banheira de um hotel

O corpo da mulher deu entrada no IML no dia 27 de abril

O Instituto Médico Legal do Amazonas (IML), vinculado à Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), pede que familiares de Glaicy Kelle Nascimento Souza compareçam à sede da instituição para a liberação do corpo. A mulher, de 40 anos, era natural de Goiânia e foi a óbito em um hotel, no bairro da Ponta Negra, na zona oeste de Manaus.

O corpo da mulher deu entrada no IML no dia 27 de abril. O Instituto reforça que os corpos que aguardam familiares para liberação ficam na instituição pelo período de um mês. Após esse prazo, os corpos são sepultados em Manaus como não identificados.

O IML reforça que a liberação do corpo somente poderá ser realizada por familiares, que devem procurar o setor de Serviço Social da instituição, que funciona todos os dias. Eles devem comparecer ao Instituto das 8h às 20h. Outras informações podem ser obtidas por meio do telefone 3216-6040.

O Instituto Médico Legal fica localizado na avenida Noel Nutells, número 300, no bairro Cidade Nova 2, zona norte de Manaus.

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes