Ir para o conteúdo

Investigador da PC-AM é afastado do cargo após dar soco em mulher

Em um vídeo publicado nas redes sociais, a vítima aparece com um ferimento no rosto

Caso aconteceu no município de Pauini

O investigador da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), Alisson Porto Gama, lotado na 63ª Delegacia Interativa de Polícia, em Pauini, foi afastado do cargo sob suspeita de ter agredido uma mulher de 33 anos.

Um primo da vítima fez a denúnica por meio das redes sociais. No vídeo publicado, a vítima aparece com um ferimento no rosto. De acordo com a família da mulher, a briga tem motivação política, já que ela faz oposição ao atual prefeito do município.

Ainda conforme o relato da família da vítima, a confusão começou por conta de um comentário que a mulher fez para o investigador para que ele "tomasse cuidado com a federal". Foi então que o investigador desferiu um soco no rosto dela.

De acordo com a família da vítima, outro home também chegou a agredir a mulher.

Afastamento

Em nota, a PC-AM afirmou que afastou o investigador de suas funções para que os fatos sejam apurados pela corregedoria geral do órgão.

"O caso foi prontamente encaminhado para a Corregedoria Geral da Polícia Civil, que conduzirá as investigações com total rigor e imparcialidade, garantindo que todas as medidas cabíveis sejam adotadas", afirma a PC-AM, acrescentando que "não tolera qualquer forma de violência ou abuso de autoridade e tomará todas as providências necessárias para a correta elucidação dos fatos".

Publicidade BEMOL
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade UEA

Mais Recentes