Ir para o conteúdo

Mãe e irmão de Djidja Cardoso têm crise de abstinência na prisão

Advogados querem internação de ambos urgentemente e afirmam que eles não podem ficar presos

Ademar, Cleusimar e Djidja

Os empresários Ademar Cardoso Neto, 29 anos, e Cleusimar Cardoso, 53 anos, irmão e mãe da ex-sinhazinha do boi Garantido, Djidja Cardoso, 32 anos, que faleceu na última terça-feira (28), estão sofrendo com abstinência após terem sido presos na última quinta-feira. A notícia é do site AM POST.

Ademar e Cleusimar não puderam prestar depoimento no dia da prisão devido ao estado alterado pelo uso de drogas, conforme informações da defesa. O advogado da família, Vilson Benayon, declarou que os dois estavam em crise de abstinência severa e precisaram de atendimento médico imediato na enfermaria do complexo prisional. Benayon solicitou exames toxicológicos e a internação compulsória dos dois em uma clínica de reabilitação.

Pedimos o toxicológico e a internação compulsória dos dois em uma clínica de reabilitação. Eles foram atendidos na enfermaria do complexo prisional em crise de abstinência. Ontem estavam de um jeito, hoje estão de outro. O que eles têm é uma patologia, a prisão os salvou da morte“, afirmou Benayon em entrevista ao Globo.

Segundo o advogado, grande parte do faturamento dos salões de beleza Belle Femme, que eles comandavam, era usado para sustentar o vício da família.

As investigações, que começaram há aproximadamente 40 dias, foram iniciadas após a polícia receber denúncias sobre práticas de cárcere privado, estupro e até um possível aborto forçado. Essas denúncias levaram a uma investigação minuciosa, que revelou uma rede de atividades criminosas vinculadas à seita.

Um dos aspectos mais perturbadores da investigação foi a descoberta do uso de ketamina, um anestésico veterinário, nos rituais da seita. A ketamina, que é utilizada para anestesiar cavalos e outros animais de grande porte, era administrada aos seguidores para induzir um estado de transe.

A crise de abstinência sofrida por Cleusimar e Ademar ressalta a gravidade da situação em que se encontravam. O uso de drogas sintéticas, especialmente a ketamina, pode levar a dependência severa e causar danos significativos à saúde física e mental. O pedido de internação compulsória feito pelo advogado da família visa proporcionar tratamento adequado para que os dois possam enfrentar o vício e, eventualmente, responder judicialmente pelos crimes dos quais são acusados.

Fonte: AM POST

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes