Ir para o conteúdo

Mais de 20 mil devem deixar Manaus no feriado de Ano Novo

Arsepam anunciou reforço na fiscalização inicia amanhã (29/12) e segue até o dia 1º de janeiro

A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam) reforça, a partir das 7h de amanhã (29/12), a fiscalização dos serviços de transportes intermunicipais. Durante a Operação Ano Novo, a ser realizada até o dia 1º de janeiro, mais de 20 mil pessoas devem utilizar os modais coordenados pela autarquia estadual.

Os departamentos técnicos da Agência Reguladora projetam que mais de 1.300 fiscalizações ocorram em quatro dias de atividades.

O diretor-presidente da Arsepam, João Rufino Júnior, informou que a última operação do ano contará, assim como as anteriores, com o apoio de outros órgãos da estrutura do Governo do Amazonas, tendo como objetivo garantir maior segurança aos passageiros que irão se deslocar aos mais diversos municípios do Estado.

“O objetivo da Arsepam, assim como dos demais órgãos que nos apoiam, é reforçar nossas fiscalizações para que possamos atender com excelência o grande fluxo de passageiros. Segurança é a palavra-chave do nosso trabalho”, afirma o gestor.

A operação conta com o apoio do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), da Polícia Militar do Amazonas (PMAM); da Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias (SNPH); e do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

Rodoviário

No modal rodoviário intermunicipal, um número superior a 9.500 mil passageiros deve utilizar esse sistema durante a operação. De acordo com o Departamento de Transporte Rodoviário (DETR), as fiscalizações devem ultrapassar mil de 29 a 1º de janeiro.

As vistorias no transporte rodoviário ocorrem no Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim - Rodoviária de Manaus, bairro Flores, zona centro-sul; na Barreira de Fiscalização Estadual (AM-010 e BR-174), bairro Santa Etelvina, zona norte; na Barreira de Fiscalização Estadual da Avenida das Flores, bairro Lago Azul (entrada do Viver Melhor 1), zona norte; após a Ponte Jornalista Phelippe Daou (Ponte Rio Negro), em Iranduba; e no Terminal Rodoviário de Itacoatiara.

Hidroviário

Mais de 10.500 mil pessoas devem utilizar o modal hidroviário intermunicipal em quatro dias. Segundo o Departamento de Transporte Hidroviário (DETH), as fiscalizações devem passar de 300 no período.

No modal hidroviário intermunicipal, a Arsepam atua no Porto de Manaus, atendendo também ao movimento nas balsas da Manaus Moderna, ambas no Centro da capital; e no Porto da Ceasa, na zona sul de Manaus.

Ouvidoria

Para denúncias e sanar dúvidas, a Ouvidoria da Arsepam conta com atendimento 24 horas, por meio do WhatsApp (92) 98408-1799; e de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, pelo 0800 280 8585.

De forma presencial, o órgão atende das 8h às 14h, na Rodoviária de Manaus, e de modo digital pelo sistema Fala.BR (plataforma de acesso à informação); e-mail (ouvidoria@arsepam.am.gov.br); Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão (e-SIC); e pelas redes sociais no @arsepamamazonas.

Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes