Ir para o conteúdo

Mais de 25 mil pessoas devem usar os transportes intermunicipais no feriadão

"Operação Viagem Segura - Semana Santa" será realizada pela Arsepam, no período de 28 a 31 de março

A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam) deflagra, nesta quinta-feira (28/03), a Operação Viagem Segura - Semana Santa, nas principais saídas de Manaus. A ação segue até o dia 31 de março, Domingo de Páscoa, com a intensificação da fiscalização nos serviços de transporte rodoviário e hidroviário intermunicipal.

Ao todo, 25.565 passageiros devem deixar a capital para acessar outros municípios do Amazonas, por meio dos transportes regulados pela autarquia. Segundo os cálculos dos departamentos técnicos do órgão, aproximadamente 1.593 fiscalizações serão realizadas no período.

O diretor-presidente da Arsepam, Ricardo Lasmar, explica que a autarquia tem um cronograma de ações a serem realizadas ao longo do ano. Em feriados prolongados é realizada a Operação Viagem Segura devido ao maior fluxo de passageiros, visando garantir maior segurança aos usuários dos modais rodoviário e hidroviário.

O gestor destaca que durante os quatro dias de operação, a Arsepam terá uma equipe volante para acompanhar eventuais ocorrências e denúncias em outras localidades. Contará também com o apoio do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e da Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias (SNPH).

Rodoviário

Segundo o levantamento do Departamento de Transporte Rodoviário (DETR) da Arsepam, 11.565 passageiros devem deixar Manaus utilizando esse modal para chegar às cidades do interior do estado. Os fiscais da Agência Reguladora devem realizar 1.193 fiscalizações nas modalidades regular (viagens entre terminais rodoviários), semiurbano (Manaus-Iranduba-Iranduba-Manaus), fretamento eventual (sem periodicidade, com finalidade específica ou turística) e contínuo (empresas que executam rotas fixas contratadas por pessoas jurídicas).

As vistorias no modal rodoviário ocorrerão no Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim – Rodoviária de Manaus, bairro Flores, zona centro-sul; Barreira de Fiscalização Estadual (AM-010 e BR-174), bairro Santa Etelvina, zona norte; Barreira da Avenida das Flores, bairro Lago Azul (entrada do Viver Melhor 1), zona norte; após a Ponte Jornalista Phelippe Daou (Ponte Rio Negro), em Iranduba; e no Terminal Rodoviário de Itacoatiara.

Hidroviário

O Departamento de Transporte Hidroviário (DETH) da autarquia projeta que 14 mil usuários optarão por embarcações tipo lancha rápida, ferryboat, navio motor e barco motor para sair da capital amazonense.

Nesta modalidade, os fiscais deverão efetuar 400 inspeções nos quatro dias de ação. Os trabalhos acontecerão no Porto de Manaus, atendendo também as balsas da Manaus Moderna, no Centro da capital; e no Porto da Ceasa.

Canais de denúncia

Para denunciar e sanar dúvidas, a Ouvidoria da Arsepam realiza atendimento 24 horas, por meio do WhatsApp (92) 2020-1117; e de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, pelo 0800 280 8585.

O órgão atende, presencialmente, nas dependências do Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim (Rodoviária de Manaus), bairro Flores, zona centro-sul; on-line, por meio do Sistema de Ouvidorias (Fala.BR) e e-mail institucional ouvidoria@arsepam.am.gov.br.

Publicidade TCE
Publicidade CIESA
Publicidade UEA

Mais Recentes