Ir para o conteúdo

Manaus está em estado de alerta por conta do aumento de casos de dengue

Nos primeiros 25 dias de janeiro, o Amazonas registrou 3.934 casos de dengue

Aedes aegypti é o mosquito transmissor da dengue e da febre amarela urbana

Manaus está em situação de alerta por conta do alto índice de infectados pelo mosquito da Dengue, já que os casos da doença mais que dobraram na capital na última semana.

Só nesse mês de janeiro de 2024 já são mais de 520 casos registrados em Manaus.

Recentemente, o Ministério da Saúde divulgou que vai distribuir as primeiras doses de vacina contra a dengue para 12 cidades do Amazonas a partir de fevereiro, e definiu como prioridade a vacinação de pessoas de 10 a 14 anos, porque estão entre o maior número de pessoas internadas pela doença.

Cenário da dengue no Amazonas

Nos primeiros 25 dias de janeiro, o Amazonas registrou 3.934 casos de dengue, conforme o boletim epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP). O número apresenta um aumento de 38% em comparação ao mês inteiro de janeiro de 2023, quando o estado confirmou 2.860 casos da doença.

Apesar da alta no número de casos da doença, o Amazonas não decretou estado de emergência por ocasião da dengue.

A FVS-RCP informa, ainda, que o aumento das notificações de dengue no estado é esperado para este período chuvoso do ano, que coincide com o período sazonal das arboviroses, como a dengue.

A fundação vem intensificando o monitoramento dos casos suspeitos, orientando e capacitando toda rede de saúde, como também vem atuando nas ações de controle vetorial no enfrentamento desta arbovirose.

Por nota, a FVS-RCP ressaltou que, para enfrentamento da doença, tem desenvolvido ações de mobilização social com distribuição de materiais educativos, promoção e apoio em eventos alusivos ao combate às arboviroses e veiculação em mídia de informativos para eliminação de criadouros.

Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes