Ir para o conteúdo

Membros de organização criminosa são presos com fuzis em Manaus

A dupla invadiu uma residência e fez os moradores reféns

Material apreendido com os criminosos

Dois integrantes de uma organização criminosa foram presos, nesta quinta-feira (11), no no bairro Santo Agostinho, zona oeste de Manaus. Durante a ação policial, foram apreendidos dois fuzis.

De acordo com o comandante do Batalhão Leste, tenente-coronel Harison Queiroz, com a intenção de fugir da Operação Impacto, que está ocorrendo na zona sul de Manaus, a dupla invadiu e se escondeu em uma residência, localizada no beco Seringal.

“Eles ficariam naquele local até integrantes de uma organização criminosa rival aparecerem para executá-los e não saíram do imóvel, colocando os moradores em cativeiro, porque estávamos em diligências em busca deles desde ontem. Conseguimos localizar os criminosos com o apoio do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops)”, explicou.

Durante a ação policial, foram apreendidos dois fuzis de calibre 40 e 9 milímetros, além de 60 munições, dois carregadores, dois coletes balísticos e três aparelhos celulares.

O oficial destacou, ainda, que a dupla presa também estava envolvida em ação criminosa, registrada no dia 4 de janeiro, quando imagens de criminosos efetuando disparos de arma de fogo, no bairro Compensa, viralizaram nas redes sociais.

“Eles deram rajadas de tiros em comemoração à execução de desafetos. Um dos assassinatos foi registrado no Conjunto Cidadão, localizado na zona Norte de Manaus, e o outro foi executado no mesmo bairro em que eles efetuaram disparos de arma de fogo para o céu. A Polícia Militar deu resposta!”, disse o tenente-coronel Harison.

A dupla, que possui diversas passagens pela polícia, foi encaminhada, juntamente com o armamento apreendido, para o 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Operação Impacto

A operação foi deflagrada por determinação do Governador Wilson Lima, para redução dos índices de criminalidade em Manaus. A ação atua nas zonas da capital previamente mapeadas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), envolvendo efetivos de todos os órgãos do Sistema de Segurança.

Denúncia

A Polícia Militar do Amazonas orienta a população que informe imediatamente ao tomar conhecimento de qualquer ação criminosa, por meio do disque denúncia 181 ou pelo 190. A identidade do denunciante será mantida em sigilo.

Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes