Ir para o conteúdo

Militar do Exército é preso suspeito de ter matado garota de programa

A jovem foi encontrada morta, no início de março, em uma quitinete, no bairro Colônia Terra Nova, zona Norte de Manaus

Fabiane Mendes da Silva tinha 20 anos

O militar do Exército Brasileiro (EB) Makson Oliveira, 21, suspeito de ter matado Fabiane Mendes da Silva, 20, foi preso nesta terça-feira (19). A jovem foi encontrada morta no início de março, em uma quitinete, no bairro Colônia Terra Nova, zona norte de Manaus. As informações são do Portal A Crítica.

Ela trabalhava como garota de programa, segundo a família, que acredita que o homem não quis fazer o pagamento pelo serviço.

De acordo com a publicação, policiais civis informaram que  Makson confessou que matou duas garotas de programa na zona Leste e está sendo investigado pela morte de uma terceira mulher.

Makson foi preso nas proximidades de um quartel, no bairro São Jorge, Zona Oeste.

CMA

Ao A Crítica, o CMA reforçou a colaboração com as autoridades policiais no âmbito da investigação. Segundo nota, o militar está detido sob custódia na Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS).

"Por fim, este Comando Militar de Área repudia e não coaduna com desvio de conduta de nenhum dos seus integrantes, sendo estes reparados na forma da Lei", informou em nota.

Publicidade TCE
Publicidade CIESA
Publicidade UEA

Mais Recentes