Ir para o conteúdo

Mulher apontada por ter affair com Whindersson Nunes morre aos 22 anos

Ela estava deprimida por conta de críticas nas redes sociais

Mãe disse que ela havia sido vítima de uma mentira

Jéssica Vitoria Dias Canedo, jovem que teve supostas conversas com Whindersson Nunes divulgadas na internet, morreu, nesta sexta-feira (22), aos 22 anos, em Araguari, no triângulo mineiro, distante a 567 km de Belo Horizonte–MG. A informação foi confirmada pelo R7 com duas amigas próximas à família e com o serviço funerário onde o corpo da jovem será velado. A causa da morte não foi divulgada, mas ela estava deprimida por conta de críticas nas redes sociais.

Ao R7, por telefone, o Serviço Social de Luto Frederico Ozanam confirmou que o corpo de Jéssica será velado no local a partir das 9h deste sábado (23), em Araguari, após a liberação do IML (Instituto Médico Legal).

A reportagem também tentou contato com a delegacia de Polícia Civil da cidade, mas não obteve retorno.

Três dias antes da morte, Inês Oliveira — mãe de Jéssica — gravou um vídeo, em que chora, no qual fala que a filha sofria de depressão e havia sido vítima de uma mentira.

“Eu estou aqui, em primeiro lugar, como uma mãe que está passando por uma situação difícil com a sua filha. Publicaram uma mentira. A minha filha sofre de uma depressão muito séria, muito profunda, muito grave. Então, como mãe, pedindo pelo amor de Deus, parem de postar isso”, disse ela, aos prantos.

Jéssica Vitoria Dias Canedo
Jéssica Vitoria Dias Canedo
Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes