Ir para o conteúdo

'Não há mágoa com o governador. Vamos nos enfrentar', diz David Almeida

Prefeito disse que confirmará a pré-candidatura no início de maio e que população poderá escolher entre ele e o candidato do governador Wilson Lima

Entrevista foi concedira na sede do site Amazonas Atual - Fotos: Fotos: Dhyeizo Lemos/ AT

Faltando menos de seis meses para as Eleições deste ano, o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), disse que não guarda nenhuma mágoa do governador Wilson Lima (União Brasil) e que se ele optou por ter uma candidatura própria, é uma escolha dele. A declaração foi dada nesta quinta-feira, 18/04, em entrevista concedida aos sites BNC Amazonas, Amazonas Atual, Portal ÚNICO, Portal do Marcos Santos, Portal do Mário Adolfo e Blog do Hiel Levy.

"Nós vamos nos enfrentar e mostrar pra população o que é administração, gestão e solução. A população estará livre pra escolher. Eu não faço acordos pessoais, mas sim pela cidade. Ele que trabalhe a candidatura dele e eu a minha. Naquele momento (eleição passada) eu indiquei o vice dele e havia a possibilidade de ele indicar o vice agora. Não foi possível", afirmou David, que disse que só confirmará de fato a pré-candidatura no início do mês de maio.

Quando perguntado quais são os principais parceiros dele para a eleição deste ano, David disse que quem tem ajudado Manaus com mais força são os senadores Omar Aziz (PSD) e Eduardo Braga (MDB.

"Pra vocês terem uma idéia, com a ajuda deles, nós vamos ter investimento em Manaus de mais de R$ 1 bilhão. É mais do que o dobro do que fiz na parceria com o governador Wilson Lima. Só de moradia popular serão mais de 3.600 unidades e vamos chegar a mais de 6 mil, proporcionadas pelo senador Eduardo Braga. O senador Omar fez vária emendas pra saúde, manutenção de encostas, igarapés. Quando busco parcerias, é para ajudar a cidade", destacou David.

Veja a entrevista completa

Novo empréstimo

O prefeito fez questão de explicar o empréstimo que precisa de autorização na Câmara Municipal de Manaus (CMM), no valor de R$ 580 milhões. Vereadores de oposição tentam barrar essa nova dívida, justificando que os ritos jurídicos não estão sendo seguidos e que a cidade não precisa de novos empréstimos, pois os demais não tiveram a devida transparência.

"Em três anos, nós já pagamos mais de R$ 2 bilhões de empréstimos passados. Não sou eu que estou pedindo. É a população que está batendo na porta da Câmara  por recursos para, por exemplo, a Praça da Bíblia, praças molhadas, asfaltar 2.500 ruas, reformar terminais, construir viadutos e creches. A população não pode ser punida por causa da escolha partidária de A, B ou C. Já está aprovado pelo banco. Só falta que eles aprovem", disse David.

CPI da Semcom

O prefeito foi questionado sobre a Comissão Paramentar de Inquérito (CPI) que acaba de ser instalada na CMM  para apurar os gastos com a publicidade oficial. De acordo com David Almeida, não há nada a esconder.

"Que seja apurado e que a sociedade possa entender como funciona a publicidade da comunicação da prefeitura. Que tudo seja apurado e quem tiver culpa de alguma coisa, que assuma a sua culpa. Eu não acredito que tenha havido qualquer incriminação. Aquele vídeo não esclarece nada. Não tenha dúvida que será explorada politicamente", disse.

O mediador da entrevista, jornalista Hiel Levy, fez questão de lembrar que a CPI pode até ser boa para os veículos de comunicação que trabalham dentro da legalidade e fazem, de fato, jornalismo. "A nós não afeta de maneira nenhuma. Quem sabe assim esclarece muita coisa no mercado em que nós estamos inseridos", afitmou.

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes