Ir para o conteúdo

Pacheco pede que Lula se desculpe por fala sobre Israel e leva invertida de Omar Aziz

🎥 Veja: "Vossa excelência poderia me tipificar o que está acontecendo lá, com a morte de 10 mil crianças e mulheres, e até agora, quantos terroristas do Hamas foram mortos ou presos por Israel?", questionou Aziz

Omar Aziz no senado

Durante a sessão do Senado nesta terça-feira (20), o presidente da casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), solicitou uma retratação do presidente Lula (PT) por suas declarações comparando o genocídio promovido por Israel contra a população de Gaza ao Holocausto, informa a Folha de S. Paulo. A matéria é do Brasil 247.

"Estamos certos de que essa fala equivocada não representa o verdadeiro propósito do presidente Lula, que é um líder global conhecido por estabelecer diálogos e pontes entre as nações, motivo pelo qual entendemos que uma retratação dessa fala seria adequada", afirmou Pacheco durante seu pronunciamento no plenário.

Por sua vez, o senador Omar Aziz (PSD-AM), filho de um palestino, interpelou Pacheco, defendendo Lula e questionando sobre a situação em Gaza, onde 30 mil civis foram massacrados pelas Forças de Defesa Israelenses, incluindo crianças e mulheres.

"Vossa excelência poderia me tipificar o que está acontecendo lá, com a morte de 10 mil crianças e mulheres, e até agora, quantos terroristas do Hamas foram mortos ou presos pelo Estado de Israel?", questionou Aziz, que também fez referência ao encontro do ex-presidente Jair Bolsonaro com a deputada Beatrix von Storch, líder da ultradireita alemã, em 2021, e destacou a diferença entre as posturas dos dois líderes políticos.

"Não tem que se comparar, realmente, com o Holocausto, é impossível. O presidente Lula nunca abraçou deputada nazista neta de ministro. E a direita quietinha", disse Aziz.

VEJA O VÍDEO

Publicidade TCE
Publicidade CIESA
Publicidade UEA

Mais Recentes