Ir para o conteúdo

PagaFácil: tarifas de ônibus já podem ser pagas com cartões de débito e crédito

Novo sistema de pagamento foi lançado nesta quinta-feira

Sistema é válido par compra de passagem integral

Os usuários do transporte coletivo já podem pagar a passagem de ônibus com cartões de crédito ou débito a vista em todos os terminais e estações da capital. O novo sistema “PagaFácil”, lançado pela Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), nesta quinta-feira (06/06), aceita pagamento com as bandeiras Visa, Mastercard e Elo e é válido para compra da passagem integral, no valor de R$ 4,50.

A nova forma de pagamento permite que os passageiros utilizem seus cartões de crédito, débito e pré-pago, smartphones ou smartwatches, com a tecnologia NFC, proporcionando praticidade e agilidade para os usuários. O usuário poderá pagar uma passagem por catraca.

Diariamente, cerca de 140 mil passageiros passam pelos terminais de integração e estações de transferência de Manaus. O diretor-presidente do IMMU, Paulo Henrique Martins, destacou a inovação do novo serviço.

“Nosso objetivo é que todos tenham acesso ao ônibus de forma muito fácil. Então, esse sistema de pagamento por meio de cartão ou débito, permite que qualquer pessoa, mesmo que ela não tenha o cartão PassaFácil, entre no terminal usando esta nova modalidade de pagamento”, destacou.

Paulo Henrique ressaltou que por conta da comunicação, ainda não irão instalar o novo sistema dentro dos ônibus, mas irão colocar em teste em alguns veículos.

“Hoje todo mundo tem uma conta, cartão ou celular com o sistema de Smart Card, então a gente está evoluindo para este novo sistema. Outra coisa é que ao facilitar o pagamento da passagem, tiramos cada vez mais dinheiro dos ônibus, aumentando a segurança dentro dos coletivos”, explicou.

O “PagaFácil”, pagamento por cartões e celulares, funciona por aproximação, sem contato (contactless) e sem a necessidade de digitar senha. Para pagar a passagem com esta nova opção, o usuário deverá, obrigatoriamente, ter um cartão de débito ou crédito que possua a tecnologia por aproximação (NFC) – na qual basta encostar no validador para efetuar o pagamento. A função precisa ter sido ativada pelo usuário junto ao banco. A cobrança da tarifa aparecerá na fatura ou no extrato da conta corrente do usuário.

Atualmente, apenas cerca de 16% dos usuários ainda pagam com dinheiro no transporte coletivo da capital. Além desse novo sistema, os usuários ainda podem utilizar os serviços do aplicativo RecargaPay, que permite o pagamento de contas com qualquer cartão de crédito, transações com Pix, recarga de celular, vales-presente, entre outros.

A recarga do cartão PassaFácil pode ser realizada em mais de 150 postos espalhados pela cidade, além dos 10 postos do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Amazonas (Sinetram).

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes