Ir para o conteúdo

Personal trainer é preso por tocar seios de aluna durante avaliação: "Achei que era correspondido"

Leia as mensagens que ela mandou pro Personal depois do ocorrido

Bruno Fidelis, 41

O personal trainer Bruno Fidelis, 41, foi preso suspeito de importunar sexualmente uma jovem de 22 anos, durante uma avaliação física, em Caldas Novas (GO).

A prisão ocorreu na última terça-feira (21), após a mulher acionar a polícia e contar que o homem puxou seu bíquini e passou as mãos nos seios dela.

A vítima contou que fazia acompanhamento com o personal há cerca de 40 dias e que no momento da ação, estava de biquíni porque iria fazer fotos e revisão de medidas. De repente, foi surpreendida com a ação de Bruno de puxar a peça íntima dela e tocar seus seios.

A mulher repreendeu Bruno imediatamente e disse que iria denunciá-lo. Na delegacia, ele alegou que não tinha feito isso e que tudo tinha sido “ um mal-entendido por parte dela”.

Contudo, a vítima apresentou prints de conversas onde o homem admite que a importunou, porém, se justifica dizendo que achava que era correspondido.

“Se você tivesse dito ‘não’, eu não teria encostado em você. Achei que você estava correspondendo. Me enganei. Por favor, não comente com ninguém”, escreveu o professor.

A conversa entre eles

Em outro trecho, ele insiste para que a vítima não leve o caso a público para não prejudicar sua carreira e pede perdão.

Bruno trabalha como personal há cinco anos e a defesa dele diz que durante todo esse período ele nunca se envolveu em crimes sexuais.

O homem foi indiciado por importunação sexual, mas foi liberado para responder em liberdade.

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes