Ir para o conteúdo

PF apreende terceira carga de skunk em quatro dias

O flagrante foi neste domingo (4/2), em Belém, dentro de um caminhão vindo de balsa de Manaus, com 240 quilos da droga

A Polícia Federal apreendeu mais um carregamento com centenas de quilos de skunk, um tipo de maconha beneficiada em laboratório. O flagrante foi neste domingo (4/2), em Belém, dentro de um caminhão vindo de balsa de Manaus, com 240 quilos da droga. Dessa vez, a ação teve apoio do Corpo de Bombeiros e da Receita Federal.

Diferente da apreensão realizada na última quinta-feira, quando o motorista foi encontrado, o veículo estava estacionado sem condutor, por isso ninguém foi preso.

Outra semelhança entre as ações é a ilustração idêntica dos pacotes de skunk, com desenho de jacaré, o que mostra a alta probabilidade de ambos carregamentos terem origem no mesmo grupo criminoso.

Mais um ponto em comum é que nessas duas vezes a droga estava escondida da mesma forma, em um fundo falso do caminhão. Dessa vez, a lataria estava soldada de forma que foi necessária ajuda do Corpo de Bombeiros para retirar os pacotes da droga.

O combate ao tráfico de drogas é missão permanente da Polícia Federal, que chegou a essas apreensões por meio de investigação e agora busca identificar seus vendedores e compradores.

A apreensão de sexta-feira foi diferente, realizada por meio de fiscalização de rotina do Núcleo de Polícia Marítima da PF, em um porto particular próximo ao distrito de Icoaraci.

Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes