Ir para o conteúdo

PF faz operação em Manaus contra fraude no INSS

Agentes realizaram buscas nas residências dos investigados e encontraram vasto material probatório

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta segunda-feira (13) operação em Manaus para desarticular uma associação criminosa que atuava na obtenção indevida de Benefícios de Prestação Continuada (BPC) ao idoso. As investigações tiveram início com o envio de processos apuratórios do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

Agentes realizaram buscas nas residências dos investigados e encontraram vasto material probatório que comprovam as hipóteses criminais e também flagrante de contrabando, sequestro de veículos e arrecadados em torno de R$ 306 mil em espécie.

De acordo com a PF, há elementos indiciários que apontam que os investigados estão envolvidos na obtenção fraudulenta de benefícios assistenciais de amparo ao idoso, mediante a apresentação de documentos falsos, em nome de pessoas fictícias.

Durante as investigações foram apurados, segundo a polícia, pelo menos 52 benefícios com indícios de fraude além do prejuízo à União calculado em torno de R$ 4.889.643,28.

A operação Fragmentados apura crimes como Estelionato Previdenciário e Falsificação de Documento Público, bem como, uso de documento falso, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

A ação mobilizou 28 Policiais Federais que atuam juntamente com a Coordenação de Inteligência da Previdência Social, vinculada à Secretaria Executiva do Ministério da Previdência Social.

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes