Ir para o conteúdo

PF prende segurança particular de mandante dos assassinatos de Bruno e Dom

Homem foi preso em flagrante pelo crime de porte ilegal de arma de fogo durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão em Benjamin Constant

Prisão foi realizada nesta sexta-feira 

A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira (22/12), um homem conhecido por ser o segurança particular de Colômbia, investigado em inquérito policial  sobre o duplo-homicídio de Bruno Pereira e Dom Phillips, assassinados em 5 de junho de 2022, nas proximidades da Terra Indígena do Vale do Javari, na área do município de Atalaia do Norte.

A prisão em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, aconteceu durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão na residência do investigado, no âmbito das investigações que apuram o duplo assassinato.

Na residência do investigado foi encontrada uma pistola PT 58 HC Taurus com a numeração raspada e seis munições calibre 380. A arma e as munições foram apreendidas e o preso foi encaminhado à Delegacia da Polícia Federal em Tabatinga/AM, onde permanecerá á disposição da Justiça Federal.

Sobre o Caso Dom e Bruno:

No inquérito policial que apura o homicídio de Bruno Pereira e Dom Phillips, já foram indiciados os executores (os quais foram denunciados pelo Ministério Público Federal), e os ocultadores dos cadáveres das vítimas (incluindo parentes dos executores).

Durante as investigações foi indiciado como mandante dos homicídios, Rubem Dario da Silva Villar, conhecido como “Colômbia”, bem como outros envolvidos no esquema criminoso. Registre-se que Colômbia se encontra preso em Manaus, por motivo de falsificação de documentos de identidade, bem como também por ser chefe de uma organização criminosa transnacional armada, em outro inquérito que apurou pesca ilegal e contrabando.

Com o prosseguimento das investigações, ficou constatado em diversos documentos, que ele possuía um segurança armado. Ainda de acordo com o apurado, Colômbia dirigia sua organização criminosa por meio de informações recebidas por este segurança.

Publicidade TCE
Publicidade CIESA
Publicidade UEA

Mais Recentes