Ir para o conteúdo

Polícia aplica multa de R$ 4,5 milhões durante operação contra garimpo ilegal no Amazonas

Por não haver possibilidade de remoção do local, foram feitas desintrusões e apreensões de 13 escavadeiras hidráulicas, um trator esteira e seis motocicletas

Equipamento foi queimado

A Força Tarefa de Segurança Pública Ambiental (FTSPA) deflagrou a Operação Aurum contra o garimpo ilegal e aplicou uma multa de quatro milhões e quinhentos mil reais contra os infratores no dia 18 de maio, na Floresta Nacional de Urupadi, município de Maués, no interior do Amazonas.

De acordo com informações, a ação foi realizada por equipes da Polícia Federal (PF), ICMBio, PRF, Força Nacional e ABIN, e perdurou 17 dias consecutivos. Na ocasião, foram destruídos 10 garimpos ilegais, tanto em terra como em rio.

Fotos: Divulgação/Polícia Federal

Ademais, por não haver possibilidade de remoção do local, foram feitas desintrusões e apreensões de 13 escavadeiras hidráulicas, um trator esteira, seis motocicletas, três quadricíclos, 61 barracos, 16 motores geradores, 20 motores bombas, sete dragas, além de nove armas de fogo e demais aparatos utilizados no garimpo ilegal como embarcações e mercúrio.

Foram aplicadas multas que totalizam R$ 4.515.600,00.

Operação Aurum

O nome da operação faz referência ao principal mineral retirado dos garimpos ilegais do Amazonas, o ouro.

Publicidade BEMOL
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade UEA

Mais Recentes