Ir para o conteúdo

Polícia procura ex-senador acusado de mandar matar mãe da própria filha

Policiais tentam localizar Telmário em Brasília. Também há mandados de prisão de outros envolvidos no crime

Ex-senador é acusado de mandar matar Antônia Araújo de Souza

A Polícia Civil de Roraima realiza uma operação, nesta segunda-feira (30), tenta prender o ex-senador Telmário Mota (Solidariedade-RR), acusado de mandar matar Antônia Araújo de Souza, de 52 anos. O crime aconteceu no dia 29 de setembro. A vítima é mãe de uma filha de 18 anos do ex-senador que o acusou, em 2022, de tentar abusar dela sexualmente.

Policiais tentam localizar Telmário em Brasília. Também há mandados de prisão contra Harrison Nei Correa Mota, conhecido como Ney Mentira, e Leandro Luiz da Conceição. Ney é suspeito de ter intermediado a contratação de Leandro, apontado como autor dos disparos que mataram Antônia, quando ela estava no carro de um parente. Na ocasião, dois homens em uma moto abordaram o veículo.

Segundo investigação da Polícia Civil obtida pela Rede Amazônica, a decisão de matar Antônia partiu de uma reunião na fazenda Caçada Real, onde Telmário Mota incumbiu o sobrinho de executar o crime. Os investigadores descobriram que a moto usada pelos assassinos no dia do crime foi comprada por Ney.

Conforme o relatório, o sobrinho entregou o veículo “para uma assessora do ex-senador levar até uma oficina e realizar alguns reparos/revisão. Em seguida, pediu para a assessora entregar a moto para os autores do crime em um local indicado”.

A Polícia Civil diz ter um vídeo que mostra a ex-assessora entregando a moto aos assassinos um dia antes do crime.

No ano passado, a filha de Telmário acusou o político de ter tocado em suas partes íntimas e tentado arrancar a sua roupa em 14 de agosto, Dia dos Pais. A adolescente registrou um boletim de ocorrência contra o pai e a Polícia Civil investiga. O ex-senador negou e afirmou ser vítima de perseguição política. A jovem teve o apoio da mãe para fazer a denúncia.

Publicidade BEMOL
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade UEA

Mais Recentes