Ir para o conteúdo

PM some com R$35 mil para pagar ‘bolão’ de colegas em Manaus

Ele usou somente parte do dinheiro para comprar diversos bilhetes, mas apenas alguns — no valor de R$ 140 — eram verdadeiros

Um grupo de policiais militares de Manaus acusa um colega de sumir com mais de R$ 35 mil arrecadados para bolões de apostas da Mega da Virada sorteada nesta domingo (31) pela Caixa Econômica Federal. O PM falsificou bilhetes e usou apenas R$ 140,00 do valor arrecadado para jogar. Um B.O – Boletim de Ocorrência – foi registrado.

De acordo com a denúncia, 126 pessoas repassaram R$ 280, cada, para o cabo Augusto Macário de Menezes, via PIX — no total, foram R$ 35.280.

E após as transferências bancárias Macário de Menezes não respondia aos colegas. Um dos policiais foi até a sua casa onde ele confessou o golpe.

Ele usou somente parte do dinheiro para comprar diversos bilhetes, mas apenas alguns — no valor de R$ 140 — eram verdadeiros.

Reportagem do Jornal do Amazonas 1ª Edição da Rede Amazônica da manhã desta segunda-feira (1º) apurou que após as denúncias, o policial foi internado por apresentar sinais de problemas mentais.

Procuradas pela reportagem da TV, as polícias Civil e Militar não se manifestaram sobre o caso. O comando do Batalhão Ambiental, unidade onde o PM está lotado, também não respondeu aos questionamentos.

Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes