Ir para o conteúdo

Preso trio envolvido em roubos a ônibus na zona sul de Manaus

Ainda há um quarto indivíduo, conhecido apenas como “Soneca”, que segue sendo procurado

As investigações duraram cerca de quatro meses

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP), cumpriu, na segunda-feira (19/02), mandados de prisão preventiva de Arimar Ribeiro de Lira, conhecido como “Gordinho”; Jhones De Freitas Pedrosa, o “Secreta”; e Marcley Freire de Araújo, vulgo “Pinguelão”, por roubos em transportes públicos coletivos, na área do bairro Educandos, zona sul.

Em coletiva de imprensa, o delegado Cícero Túlio, titular do 1° DIP, informou que as investigações duraram cerca de quatro meses, para identificar membros de um grupo criminoso que estavam realizando diversos roubos a ônibus.

“Durante as diligências, foi constatado que o carro que auxiliava na logística do crime era um Honda City, e seria conduzido por Arimar. Ele levava Jhones e Marcley às paradas de ônibus e os dois indivíduos entravam nos veículos para roubar. Arimar também dava apoio para a fuga dos criminosos”, disse.

De acordo com o titular, no decorrer das investigações, foi identificado o proprietário do veículo e, a partir dessa primeira análise, os demais integrantes do grupo, que faziam parte desse esquema criminoso, foram reconhecidos.

“Foi verificado que o modus operandi dessa organização criminosa era roubar os passageiros dos transportes públicos pela parte da manhã e no início da noite. Eles escolhiam ônibus que não estavam completamente lotados, para facilitar a atuação criminosa”, relatou.

Conforme o delegado, ainda há um quarto indivíduo, conhecido apenas como “Soneca”, que segue sendo procurado pelas equipes policiais do 1º DIP. Após a prisão do trio, foi identificado que Marcley e Jhones já respondem pelos crimes de roubo majorado, receptação e tráfico de drogas.

Procedimentos

Arimar Ribeiro de Lira, Jhones De Freitas Pedrosa e Marcley Freire de Araújo responderão por roubo majorado e associação criminosa e ficarão à disposição da Justiça.

Publicidade TCE
Publicidade CIESA
Publicidade UEA

Mais Recentes