Ir para o conteúdo
Amazonasbr-319cmm

Revitalização da BR-319 será pauta de Audiência Pública na CMM

Proposta pelo vereador Diego Afonso, a reunião acontecerá nesta terça-feira (16), e discutirá os entraves das obras

De iniciativa do vereador Diego Afonso (União Brasil), por meio do requerimento nº 1766/2023 será realizada nesta terça-feira (16), no plenário Adriano Jorge, na Câmara Municipal de Manaus (CMM), uma Audiência Pública, para discutir a revitalização da BR-319, que liga o Amazonas aos outros Estados brasileiros.  

A revitalização da BR-319, que liga o Amazonas aos outros Estados brasileiros, será debatida em audiência pública na Câmara Municipal de Manaus (CMM), nesta terça-feira (16). A sessão acontecerá às 13h30, com a participação de várias autoridades dos órgãos responsáveis pelo licenciamento das obras.

De acordo com o vereador Diego Afonso (UB), que propôs a audiência, o objetivo é promover um amplo debate para esclarecer os reais motivos das constantes paralisações das obras de recuperação dessa importante rodovia para o Estado do Amazonas, bem como buscar soluções para a sua revitalização.

“Após a licença do Ibama, as obras foram retomadas há mais de 3 anos, mas não avançam. A rodovia continua em situação precária e sem condições de uso. Isso prejudica o transporte dos insumos para a produção dos produtos da Zona Franca de Manaus, uma importante área de exceção dos incentivos fiscais do Governo Federal, e atrasa o desenvolvimento do Estado”, disse.

Dentre os gargalos que serão questionados estão a retirada de atoleiros, reforma das pontes de madeira, substituição de bueiros, limpeza do meio fio e execução do recapeamento primário da rodovia, que no período das chuvas intransitável, comprometendo o desenvolvimento do Estado do Amazonas.  

A rodovia foi inaugurada em 1976, possui uma extensão de 885 quilômetros e é também a principal via de acesso aos municípios de Humaitá, Lábrea e Manicoré.

O evento deverá contar com autoridades do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Denit); do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama); Ministério do Meio Ambiente e Mudança de Clima; Suframa; Federação das Indústrias; Associação dos Exportadores da Zona Franca de Manaus (ACA); Federação do Comércio do Amazonas (Fecomércio); Associação dos Diretores Lojistas de Manaus (CDL); e vários representantes do setor produtivo.

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes