Ir para o conteúdo

Seis pessoas são presas por tráfico de drogas em Urucará

Operação Paz Divina foi deflagrada nesta quinta-feira (16/05)

Material apreendido - Foto: Divulgação/PMAM

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da 45ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Urucará (a 261 quilômetros de Manaus), com apoio da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), deflagrou, nesta quinta-feira (16/05), a Operação Paz Divina e prendeu, em flagrante, seis indivíduos por tráfico de drogas, associação ao tráfico, posse ilegal de arma de fogo e crime ambiental.

Conforme o delegado Mateus Imperatriz Moreira, titular da unidade policial, também participaram da operação os policiais civis 38ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Itapiranga (a 227 quilômetros de Manaus), 40ª DIP de Silves (a 204 quilômetros de Manaus) e visou reprimir o tráfico de drogas durante uma festa que irá acontecer em Urucará.

“Após levantamento sobre os principais pontos de tráfico de drogas no município, foram solicitados à Justiça os mandados de busca e apreensão para as residências de possíveis envolvidos”, disse.

Segundo o delegado, na casa de Delson Seixas Pontes, 45, um dos investigados, foram apreendidos uma motocicleta utilizada para a venda de drogas, mais de mil reais em espécie e algumas trouxinhas de drogas.

“A outra investigada é Mirela Marques Carvalho, e em sua casa também foram encontradas algumas trouxinhas de drogas. Assim como na casa de Janderson Pereira da Costa, 23 anos, onde apreendemos trouxinhas de oxi, maconha e cocaína e uma quantia em dinheiro”, falou.

Ainda de acordo com o delegado, outros dois alvos da investigação são Alderlan de Neves Bezerra, 29, e Keliton Vieira Coelho. Na casa de Alderlan, foram apreendidos um simulacro de espingarda calibre 32, e na residência de Keliton foram encontradas trouxinhas de maconha, oxi, dinheiro espécie e uma motocicleta.

“Ainda durante as diligências, fizemos abordagem na residência de Célio Souza Gomes, 38, que também é apontado nas investigações. Em sua casa encontramos 80 quilos de carne capivara, que foram encaminhados ao órgão competente”, citou.

Procedimentos

Alderlan de Neves Bezerra responderá por posse ilegal de arma de fogo; Delson Seixas Pontes e Mirela Marques Carvalho por tráfico de drogas e associação ao tráfico; Janderson Pereira da Costa e Keliton Vieira Coelho por tráfico de drogas; e Célio Souza Gomes por crime ambiental.

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes