Ir para o conteúdo

Suframa participa de evento global sobre inovação e tecnologia

Startup20 faz parte de um dos grupos de engajamento do G20

A Suframa marcou presença no Startup20, evento global de inovação e tecnologia realizado em Macapá, no último fim de semana. O evento, que faz parte de um dos grupos de engajamento do G20, reuniu representantes de diversas nações para debater alternativas inovadoras voltadas à bioeconomia e ao desenvolvimento sustentável.

O superintendente-adjunto de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica da Suframa, Waldenir Vieira, acompanhado de equipe técnica, representou a Autarquia durante os quatro dias de programação. “Fiquei impressionado com a variedade de tecnologias apresentadas nos estandes, especialmente aquelas relacionadas à bioeconomia. A participação da Suframa neste evento é fundamental, pois demonstra o potencial da região e sua capacidade de contribuir para as discussões sobre inovação e desenvolvimento sustentável", afirmou.

Vieira também destacou a Lei de Informática e a política de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) como instrumentos para impulsionar o setor de startups na região. “A segunda edição da Jornada de Integração Regional e Interiorização do Desenvolvimento, que será realizada pela Suframa no mês de maio no Amapá, traz esse assunto e será uma oportunidade para conectar startups locais com recursos do Polo Industrial de Manaus destinados a PD&I, fortalecendo o ecossistema empreendedor e estimulando a inovação tecnológica na Amazônia”, destacou.

Durante a programação do Startup20, encerrada nesta segunda-feira (26), a equipe da Suframa - composta pela servidora Taynara Tenório, que atua diretamente com os Programas Prioritários do Comitê de Atividades e de Pesquisa e Desenvolvimento na Amazônia (Capda); pela coordenadora da Área de Livre Comércio de Macapá/Santana, Juracidelcia; técnicos da Autarquia da unidade de Macapá; além do superintendente-adjunto, Waldenir Vieira - participou ativamente com visitas aos estandes, painéis sobre inovação e empreendedorismo, e plenárias de discussão sobre o futuro da Amazônia e o futuro das Startups, tanto da região, quanto do G20.

Também foi realizada uma visita técnica ao museu Sacaca, instituição cultural e científica sediada em uma área de aproximadamente 21 mil metros quadrados, em Macapá, que está vinculada ao Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá (IEPA), órgão responsável por fomentar e divulgar a produção científica e tecnológica local.

O Startup20 foi organizado pela Associação Brasileira de Startups (Abstartups), com o apoio do Governo do Estado do Amapá e Sebrae. Segundo informações do governo, o Amapá foi escolhido para sediar o evento por ser o estado mais preservado do Brasil. As discussões do Startup20 serão levadas à cúpula do G20 e serão consideradas preparatórias para a Conferência da ONU pelas Mudanças Climáticas, a COP30.

Publicidade TCE
Publicidade CIESA
Publicidade UEA

Mais Recentes