Ir para o conteúdo

Suspeito de estuprar e matar professora no Careiro diz que estava bêbado e drogado

A professora foi encontrada com perfurações no pescoço e sinais de abuso.

Eliane Félix de Lima Barbosa

Um homem, identificado apenas como Romário, 32, foi preso, suspeito de envolvimento na morte da professora Eliane Félix de Lima Barbosa, 51, dentro da casa dela, na noite de terça-feira (2), no município de Careiro Castanho (a 88 quilômetros ao sul de Manaus). A matéria é do D24AM.

De acordo com as informações das forças de segurança do Amazonas, a professora foi encontrada com perfurações no pescoço e sinais de abuso. Um dia antes do crime, Romário estava consumindo álcool e drogas dentro da casa dele.

Segundo a polícia, o suspeito arrumou briga com os familaires e policiais foram acionados. Porém, quando a polícia chegou ao local o home fugiu invadindo casas de vizinhos e jogando pedras na viatura da PM. No mesmo dia, o homem foi localizado e preso.

Já na delegacia, a polícia recebeu a informação de que a professora tinha sido encontrada morta dentro de casa. Após as investigações, Romário confessou o crime à polícia. Ele disse que estava sob muito efeito de álcool e drogas e por isso cometeu o crime.

A polícia informou que Romário já possui 15 boletins de ocorrência em seu nome pelos crimes de furto e roubo. Com a repercussão da morte de Eliane, que também era pastora da região, a população se revoltou e até tentou invadir a delegacia onde o suspeito estava.

Pensando na integridade da delegacia e do preso, o homem foi encaminhado para Manaus. O corpo da professora também foi trazido para o Instituto Médico Legal (IML) e será sepultado no Careiro Castanho.

Publicidade TCE
Publicidade CIESA
Publicidade UEA

Mais Recentes