Ir para o conteúdo
AmazonasManauscmmposseconcurso

‘Um dia histórico para a Câmara’, afirma Caio André, ao empossar aprovados do concurso de 2003

Cerimônia reuniu 14 aprovados no certame, que agora integram o quadro de servidores da Casa Legislativa

Cerimônia de posse foi realizaada nesta terça-feira

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Caio André (Podemos), afirmou que a Casa Legislativa cumpre o seu papel ao dar posse aos aprovados no concurso público realizado há 20 anos. Durante cerimônia nesta terça-feira (31/10), 14 pessoas assinaram a documentação final que oficializa a investidura nos cargos do serviço público.

Foram empossados servidores distribuídos nas áreas de Agente Administrativo, Técnico Legislativo Municipal, Analista Legislativo e Revisor. O grupo aguardava o chamamento desde 2003, ano em que o concurso público foi executado pela Câmara Municipal. Somente em 2023, em menos de um ano de gestão do vereador Caio André, o processo ganhou andamento na CMM.

O parlamentar destaca a importância dos novos servidores para fortalecer as atividades do parlamento municipal. Caio André citou mudanças nas atividades legislativas nos últimos 20 anos e reforçou que a chegada dos profissionais acontece em um momento necessário.

“Na realização do concurso de 2003 eram apenas 33 vereadores, hoje somos 41, e temos mais comissões, muito mais Projetos de Lei sendo executados. Hoje os projetos são digitais, ao contrário de 20 anos atrás. Isso faz com que o volume de trabalho seja muito maior, e nós não tivemos o aumento de servidores. A Câmara cumpre o seu papel de dar posse a eles”, disse Caio André.

Além de renovar o quadro de servidores da Casa Legislativa, a efetivação dos aprovados também possibilita que um novo concurso público, anteriormente anunciado por Caio André, seja concretizado.

Empossados
A Diretora Administrativa e Gestão de Pessoas da CMM, Mirela Carvalho, pontua que dos 77 nomeados no concurso público, no Diário Oficial do Legislativo Municipal do dia 29 de setembro, 26 se apresentaram na Casa, 14 tomaram posse e três pediram prorrogação por mais 30 dias para ajustes na documentação. Pelo tempo do processo, parte do grupo renunciou, pelo fato de já ocupar outros cargos, ou não retornou.

Ela destaca o empenho da Casa para localizar os aprovados.

“Nós fizemos uma busca nos arquivos, identificamos e-mails, alguns encontramos no WhatsApp, divulgamos na mídia. Muitos ficaram surpresos e gratos pela notícia e o que estava ao nosso alcance foi feito para chamá-los”, afirmou Carvalho.

Sheila Costa Melo, 44, foi uma das empossadas para o cargo de Analista Legislativo. Ela atua há oito anos como Técnica Judiciária e disse ter sido surpreendida com a nomeação para a CMM.

“Uma coisa que o presidente da Casa falou, que é muito real, é esse sentimento de justiça. Nós fomos aprovados dentro do número de vagas e tínhamos o direito de assumir esses cargos, então esse é o principal sentimento. Isso me ajudou a vir aqui assumir esse cargo e essa nova experiência. Depois do poder judiciário, vir conhecer também o Poder Legislativo”, afirmou.

Os empossados iniciam o trabalho na Câmara Municipal de Manaus já nesta quarta-feira, 1º de novembro.

Publicidade BEMOL
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade UEA

Mais Recentes