Ir para o conteúdo

Zeca Torres - 50 anos de parcerias

Torrinho realiza encontro musical com estudantes em Manaus

Os arranjos do álbum “Zeca Torres 50 Anos Parcerias” foram totalmente concebidos pelo próprio compositor em parceria com músico Neil Armstrong Jr

O cantor e compositor Zeca Torres – também conhecido como Torrinho – realizará, no próximo dia 31/10, terça-feira, às 10 horas da manhã, um “pocket show” interativo com alunos e professores da Escola Municipal Dalvina Silva de Oliveira (Tarumã, Zona Oeste). O evento faz parte das celebrações do lançamento do terceiro álbum-solo do artista, “Zeca Torres 50 Anos Parcerias”, contemplado pelo Edital 007/2022 Thiago de Mello Artistas e Profissionais da Cultura, da Prefeitura de Manaus, em fase final de masterização no estúdio Expresso 24, pelo engenheiro de som Itaassu Melo, com lançamento nas plataformas digitais previsto para início de novembro.

Com produção fonográfica de Porto de Lenha Produções e produção executiva de Ana Priscilla Santos, o novo álbum, como o próprio título indica, representa uma síntese de várias parcerias musicais do compositor ao longo de cinco décadas de trajetória artística. Nele constam canções inéditas compostas com letristas já falecidos, como Anibal Beça, Paulo Graça, Leandro Dias, Sebastião Tapajós e Luiz Bacellar, além de obras com parceiros atuais, como Eliakin Rufino, Joãozinho Gomes e Mauro Aguiar.

Integra ainda o repertório o “bônus-track” com a canção “Porto de Lenha”, de Zeca e Aldisio Filgueiras, gravada com o grupo vocal carioca Subversos e que teve produção executiva de Ana Priscilla Santos. Conta ainda com participações especiais dos cantores Nilson Chaves, Karine Aguiar e Lucilene Castro, além do próprio filho de Zeca, Vitor Bacuri Torres e dos instrumentistas Noemi Melo (harpa) e Danilson Sampaio “Dandan” (acordeon).

Os arranjos do álbum “Zeca Torres 50 Anos Parcerias” foram totalmente concebidos pelo próprio compositor em parceria com músico Neil Armstrong Jr, que também participa do trabalho como violonista e guitarrista. Conta também com as participações de Claudio Abrantes (flauta e saxofone), Sérvio Tulio (contrabaixo) e João Paulo Ribeiro (percussão).

No evento do dia 31, acompanhado dos músicos que integraram o projeto, o artista apresentará várias canções do álbum inédito e outras gravadas em produções anteriores, tais como “Porto de Lenha”, de 1992, e “Bailando na Escuridão”, de 2015, ocasião em que conversará com alunos e mestres sobre a sua carreira, respondendo perguntas e interagindo.

Aproveitando o momento, visando agregar maior valor educativo ao evento, o artista convidou a coordenação regional da Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD), para comparecer com sua equipe àquela unidade educacional, divulgando a 12ª Olimpíada de Saúde e Meio Ambiente da Fiocruz (OBSMA), distribuindo panfletos convidando docentes e discentes a se inscreverem nesse grande evento nacional que tem o intuito de estimular o desenvolvimento de atividades interdisciplinares nas escolas públicas e privadas de todo o país.

O “pocket show” na E.M Dalvina Silva de Oliveira será realizado no auditório daquela unidade educacional, totalmente gratuito.

Publicidade TCE
Publicidade CIESA
Publicidade UEA

Mais Recentes