Ir para o conteúdo

Beneficiários do Bolsa Família em Manaus devem atualizar acompanhamento em saúde

O procedimento deve ser realizado por mulheres de 14 a 44 anos e crianças de 0 a 7 anos, uma vez a cada seis meses, sendo uma das condições para a manutenção do benefício

Manaus tem 337.513 beneficiários

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), orienta os beneficiários do Bolsa Família a procurar as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para atualizar o acompanhamento de saúde na atual vigência do programa, que se encerra no dia 30/6. O procedimento deve ser realizado por mulheres de 14 a 44 anos e crianças de 0 a 7 anos, uma vez a cada seis meses, sendo uma das condições para a manutenção do benefício.

A chefe do Núcleo de Alimentação e Nutrição da Semsa, Lia Ferreira da Silva, explica que os beneficiários do Bolsa Família se comprometem a realizar o acompanhamento de saúde duas vezes ao ano, dentro das chamadas vigências anuais, sendo uma de janeiro a junho e outra de julho a dezembro.

“Em Manaus temos 337.513 beneficiários que fazem acompanhamento de saúde, e somente 145.524 realizaram a avaliação, o equivalente a 43,12%, até o dia 19 de junho”, informa a gestora.

Dentre as crianças de 0 a 7 anos, ela acrescenta, 38.835 compareceram às unidades de saúde, o correspondente a 33,18% das 117.041 esperadas.

Conforme Lia Ferreira, ao final de uma vigência, os usuários que deixaram de realizar o acompanhamento de saúde são notificados pelo Ministério da Cidadania para regularizar a situação, podendo ter o benefício suspenso no caso de ausências recorrentes.

“Se o usuário deixar de realizar o acompanhamento de saúde por duas vigências consecutivas, ele terá o benefício suspenso por um mês. E, se não realizar um terceiro acompanhamento, terá o benefício suspenso e será notificado para se dirigir a um Cras (Centro de Referência de Assistência Social) para justificar a situação”, explica.

Para realizar o acompanhamento, os beneficiários devem se dirigir à unidade de saúde mais próxima de sua casa, levando os documentos de RG, CPF e Cartão Nacional de Saúde (CNS), além de outros como o cartão da gestante e a caderneta de saúde da criança. A lista com endereços e horários de funcionamento das unidades da Semsa Manaus está disponível no site semsa.manaus.am.gov.br.

Avaliação

Conforme Lia Ferreira, no acompanhamento nas unidades de saúde, as crianças de 0 a 7 anos têm o estado nutricional avaliado, com medição de peso e altura, bem como a situação vacinal. “Se estiver com a caderneta desatualizada, a criança já é encaminhada para a sala de vacina para atualização”, informa a gestora.

As mulheres de 14 a 44 anos beneficiárias do programa social também passam por avaliação do estado nutricional e de condições de saúde, inclusive eventual estado de gravidez.

“A mulher grávida tem direito a um adicional de R$ 50 no Bolsa Família por até nove meses, e essa condição pode ser identificada durante o acompanhamento em saúde do programa”, complementa Lia Ferreira.

Publicidade BEMOL
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade UEA

Mais Recentes