Ir para o conteúdo

Boi Garantido inicia obras de reconstrução e ampliação dos galpões de alegorias

Projeto prevê galpões maiores, mais altos e a melhoria de estrutura de conforto e segurança para os trabalhadores

Obras na Cidade Garantido - Foto: Tom Ribeiro
Obras na Cidade Garantido - Foto: Tom Ribeiro

O Boi Garantido deu início à reforma dos galpões localizados na Cidade Garantido, a sede do boi-bumbá em Parintins. Os galpões abrigam as alegorias, estruturas cênicas que compõe os espetáculos apresentados no Bumbódromo, durante o Festival Folclórico de Parintins. O projeto prevê construção de novos banheiros, refeitório, o aumento da altura do telhado, além de reforma do sistema elétrico. Uma brigada de incêndio também será criada.

Além de melhorar a estrutura e a segurança dos trabalhadores, o vice-presidente Marialvo Brandão, afirma que esse trabalho se faz necessário também diante do projeto do Boi Garantido para 2024. “Nós estamos numa nova fase do Garantido, na qual ele vem muito maior, principalmente em questão de alegorias, e nós trabalhávamos em um espaço muito limitado. O espetáculo do Garantido está sendo preparado de uma forma grandiosa, então é necessário que façamos as adequações necessárias para dar melhore condições aos nossos trabalhadores”, disse o vice-presidente.

Os trabalhos nos galpões iniciam com a desmontagem do telhado e a execução do novo planejamento para aumentar a altura, como comenta a engenheira Nayara Silva. “Hoje adentramos no primeiro galpão da Cidade Garantido e já começamos com o destelhamento e a retirada de todo o material metálico do telhado, assim vamos poder visualizar melhor a estrutura e o espaço, para começarmos a construir um telhado mais alto e que tenha a capacidade de abrigar todos os módulos alegóricos, bem como melhorar o espaço aos trabalhadores”, disse a engenheira.

O prazo para término do primeiro galpão é de 20 a 30 dias, em seguida, será feito o destelhamento dos outros 5 galpões. A reforma dos galpões está no projeto de reforma e revitalização da Cidade Garantido, o qual já entregou a praça de alimentação totalmente reformada, no fim do ano passado. Quando está no período máximo de trabalhos, os galpões da Cidade Garantido chegam a comportar cerca de quinhentos trabalhadores entre escultores, pintores, soldadores, aderecistas, marceneiros e outros profissionais.

Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes