Ir para o conteúdo

Bumbódromo recebe artistas para pintura da marca oficial do 57º Festival de Parintins

Daqui a um mês a fachada do Bumbódromo terá estampada a obra “Patrimônio em Festa”, de Pito Silva

Um canteiro de obras diferenciado com cores, artistas, tintas e grafite. A hora é de arregaçar as mangas e iniciar os trabalhos de pintura da fachada do Bumbódromo de Parintins (distante 369 quilômetros de Manaus). Nesta quinta-feira (02/05), o time de artistas liderado por Pito Silva, assume a missão de tornar visível a marca oficial do 57º Festival de Parintins que será estampada no complexo cultural.

Após receber as instruções de segurança e de estrutura dos equipamentos de suspensão, a equipe formada por mais de 20 artistas parintinenses, se dedica a dar vida à obra “Patrimônio em Festa”, de Pito Silva, contemplado no edital Mural Bumbódromo 2024, do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Conforme o artista, todo o trabalho vem sendo cumprido dentro do planejado para que a entrega aconteça no período de um mês. “No primeiro momento, iniciaremos com a pintura civil, preparação da superfície da fachada para receber a nova arte. Na sequência, sobe a equipe de artistas visuais que estará fazendo a ampliação do projeto da arte para compor o mural deste ano”, detalha Pito.

A área total que será contemplada compreende 1.091 metros quadrados, incluindo fachada principal e as rampas dos bois Caprichoso e Garantido. Está prevista a utilização de 550 litros de tintas na composição, que mistura diferentes técnicas.

“A partir de ontem iniciamos todo esse processo de estudo e orientação de treinamento para realizar o trabalho com segurança. E quinta a equipe estará subindo no mural para a pintura da nova fachada do mural 2024”, reforça.

Conteúdo artístico

A arte “Patrimônio em Festa” tem a curadoria de Diego Omar, e traz a representatividade da cultura local, de modo especial ao folguedo popular do Boi, que ganhou novos sentidos na Amazônia, ao estabelecer cores e símbolos aos bumbás. O local onde será estampada a obra, não poderia ser mais emblemático que o Bumbódromo, templo do torcedor, representado por um curumim, símbolo da criança amazônica, convidando os visitantes para os dias de festa, 28, 29 e 30 de junho.

A nova arte irá ocupar o lugar da obra “Vitória da Cultura Popular”, da dupla Curumiz, por Alziney Pereira e Kemerson Farias. Nos últimos dois anos, Pito Silva é um dos artistas parintinenses do segmento de artes visuais atuante no circuito bovino. Ele assinou o mural “Brasil, Futuro Ancestral”, no Bumbódromo, na entrada da avenida Paraíba, por onde os bumbás se concentram para entrar na arena.

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes