Ir para o conteúdo

Manaus é a 6ª capital com mais gente mal educada; veja o ranking

Manaus também aparece negativamente em outro dado da lista: o de deixar gorjetas aos garçons. Você dá?

Uma pesquisa elaborada pela plataforma de idiomas Preply coloca Manaus na sexta colocação de cidades brasileiras com mais gente mal-educada. O motivo? Segundo a pesquisa, os manauaras são vidrados em permanecer no celular em público e não prestam atenção em outras pessoas ou afazeres. Em primeiro lugar está a cidade de Goiânia, capital de Goiás. Os goianienses têm o hábito, segundo a pesquisa, de assistir a vídeos em público.

A pesquisa foi divulgada no final do ano passado e ouviu, aproximadamente, 1.6 mil moradores de 15 capitais brasileiras no período de 2 a 7 de novembro de 2022. Para calcular as cidades mais rudes e educadas, a Preply pediu aos participantes que respondessem com que frequência presenciam comportamentos desrespeitosos comuns onde residem.

“Não é como se todas as pessoas desses lugares fossem rudes e grosseiras, mas podem manter alguns costumes que incomodam os outros no cotidiano. É isso que nosso ranking buscou medir”, explica Yolanda Del Peso, especialista em Outreach da Preply.

Outro ponto interessante da pesquisa aponta que em Manaus os mais indelicados ou sem educação são pessoas que não moram na capital. “De acordo com os resultados do estudo, existem apenas cinco cidades com ‘moradores locais’ mais rudes: Porto Alegre, Goiânia, Curitiba, Belo Horizonte e Campinas. Por outro lado, as cinco cidades onde os não residentes são mais indelicados incluem Natal, Rio, Belém, São Luís e Manaus”, analisou o estudo.

Manaus também aparece negativamente em outro dado da lista: o de deixar gorjetas aos garçons. Conforme consta no levantamento, a capital manauara recebeu uma média de 7.18 e está na penúltima colocação nessa classificação, ficando à frente apenas de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. A cidade mais generosa nesse dado é Campinas, interior de São Paulo.

“Campinas é a cidade que dá as gorjetas mais altas e foi classificada como a mais generosa. Portanto, quem trabalha no setor de hospitalidade pode se dar bem por lá! Mas não espere muita gratidão monetária se estiver servindo mesas em Manaus. Por lá a gorjeta é baixa”, finaliza a plataforma.

Publicidade BEMOL
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade UEA

Mais Recentes