Ir para o conteúdo

Polônia demonstra interesse em investir na Zona Franca de Manaus

Embaixadora Bogna Janke informou que a Polônia tem interesse em estreitar relações econômicas com o Brasil

A embaixadora da Polônia no Brasil, Bogna Janke, visitou a sede da Suframa, nesta sexta-feira (26), com o intuito de conhecer as possibilidades para a indústria polonesa e identificar áreas para investimento. A embaixadora foi recebida pelo coordenador-geral de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais da Suframa, Arthur Lisboa, e a ministra do escritório de representação na Região Norte, Maria Deize Camilo Jorge.

Janke informou que a Polônia tem interesse em estreitar relações econômicas com o Brasil. “Nossa economia está em boa forma, somos o sexto país em crescimento da União Europeia, temos grande interesse no Brasil e vemos no Amazonas oportunidades com a Zona Franca de Manaus”, afirmou.

Durante a reunião, o coordenador-geral Arthur Lisboa explicou o que é a Zona Franca de Manaus, a política de incentivos fiscais e a atuação da Suframa na Amazônia Ocidental e Amapá, bem como as contrapartidas fiscais da Lei de Informática.

“Basicamente, para receber os incentivos, é necessário se cadastrar na Suframa, apresentar um projeto que siga o processo produtivo básico (PPB) do produto a ser fabricado e, no caso de bens de informática, reinvestir 5% do faturamento bruto em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação na região”, explicou Lisboa.

A ministra Maria Deize também lembrou que a embaixada brasileira em Varsóvia atua fortemente na aproximação com startups polonesas, com foco em agricultura, saúde e indústria 4.0.

Janke demonstrou satisfação com o resultado da visita. “O mais importante é ouvir que vocês estão abertos para negócios. Vamos levar as informações partilhadas aqui ao nosso governo e avaliar onde existe interesse para dar continuidade a essa aproximação. O Brasil é um grande país de possibilidades”, destacou a embaixadora. Lisboa agradeceu a visita e colocou a Suframa à disposição no que for necessário para que as tratativas sejam continuadas.

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes