Ir para o conteúdo

Saullo Vianna alerta para migração de garimpeiros para terras indígenas do Amazonas

Deputado amazonense pediu atenção das autoridades para evitar que a crise das terras Yanomami de Roraima apenas mude de lugar

Em suas redes sociais, após anúncio do governo federal do início da operação esta semana, que vai retirar garimpeiros ilegais do território Yanomami no estado de Roraima, o deputado federal Saullo Vianna (UB), levantou o alerta para as autoridades para uma migração dos exploradores para o Amazonas.

"Faz-se necessária uma ação que acompanhe para onde esses garimpeiros estão indo para evitar que esses garimpeiros migrem para o Amazonas e o problema apenas mude de estado", afirmou Saullo, que está em Brasília.

De acordo com o governo de Raraima, atualmente existe um movimento de fuga nos locais e, inclusive, de acordo com denúncias de lideranças Yanomani, três indígenas teriam sido assasinados por esses garimpeiros que estão fugindo a pé pela mata.

Garimpeiros nos rios da Amazônia

De acordo com o ministro da Justiça, Flávio Dino, as autoridades estimam que cerca de 15 mil pessoas invadiram ilegalmente esta área protegida na Amazônia e para solucionaram a situação, o governo afirmou que começou a mobilizar mais de 500 policiais e soldados na região para uma operação de expulsão dos garimpeiros que começará esta semana.

As autoridades esperam que, quando a polícia iniciar a expulsão à força, pelo menos 80% dessas 15 mil pessoas já tenham deixado o território Yanomami.

Publicidade BEMOL
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade UEA

Mais Recentes