Ir para o conteúdo

Startup amazônica recebe aporte de R$ 1,5 mi para ampliar ações em rios da Amazônia

Esforços vão para a limpeza dos rios e igarapés na Amazônia.

Awty integra o portfólio da Amazonia Venture Builder


A startup Awty recebeu um aporte de R$ 1,5 milhões através do Programa Prioritário de Bioeconomia coordenado pelo Instituto de Desenvolvimento da Amazônia (Idesam), um programa de investimento para startups sob a gestão da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) e comprometido com o desenvolvimento sustentável da região.

Sob a liderança do CEO Jadson Maciel, a Awty está expandindo suas operações e intensificando seus esforços na limpeza fluvial.

Com sede em Manaus, a Awty integra o portfólio da Amazonia Venture Builder e concentra seus esforços na limpeza dos rios e igarapés na Amazônia.

Com uma visão audaciosa e um compromisso inabalável com a preservação ambiental, a startup está desenvolvendo um equipamento de coleta automatizada, uma tecnologia náutica inovadora que promete remover resíduos sólidos de forma eficiente e sustentável, além de entregar uma planta piloto de reciclagem para que uma comunidade possa gerar seus próprios produtos.

Impacto positivo

O aporte de R$ 1,5 milhões representa um marco importante na jornada da Awty. Esse investimento permitirá que a startup consolide suas operações, desenvolva novas tecnologias e amplie seu impacto positivo no meio ambiente e nas comunidades locais, conforme informou a startup.

A Awty está comprometida em combater a poluição e preservar os recursos hídricos da Amazônia. Com sua abordagem inovadora e determinação incansável, a startup está liderando o caminho rumo a um futuro mais limpo e sustentável para nossa região. Este compromisso já vem sendo demonstrado há oito anos de forma voluntária através do Programa Ramada Ambiental liderado por Jadson Maciel, CEO da Awty.

Perspectivas para o Futuro

Com o apoio da Amazonia Venture Builder, que faz parte da rede do FCJ Group e o recente aporte financeiro do PPBio, a Awty está bem posicionada para consolidar seu impacto e promover uma mudança significativa na preservação dos rios e igarapés, além de estimular a economia circular nas comunidades amazônicas. Aguardamos ansiosos pelos resultados positivos dessa iniciativa e como ela contribuirá para um ambiente mais saudável e sustentável na Amazônia e além.

Fonte: i9Brasil Portal de Notícias, com informações e foto da Amazônia VB

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes