Ir para o conteúdo

Vídeo: Jovem tem morte cerebral confirmada após ato de amor desesperado

🎥Veja o que aconteceu. Ela tentou se pendurar no carro do namorado após término do namoro.

Caso aconteceu em Joinville (SC)

Débora Gomes, uma jovem de Joinville, sofreu morte cerebral após uma tentativa de impedir que seu ex-namorado fugisse do local de trabalho após uma discussão intensa. A matéria é do Jornal Razão.

A ocorrência, registrada no último sábado, dia 20, teve origem em uma aparente tentativa de reconciliação que terminou tragicamente.

Segundo relatos, após uma discussão, o homem decidiu se afastar, entrando no veículo e partindo. Débora, em um impulso, se agarrou ao carro, sendo gravemente ferida. Ela está internada desde então e, conforme a equipe médica, seu estado é gravíssimo, com pouco ou nenhum prognóstico de recuperação. Essa informação foi divulgada através das redes sociais pela família da vítima.

“Peço a todos que orem por ela. Os médicos nos avisaram para estarmos preparados para o pior, pois é gravíssimo o estado dela”, disse uma parente de Débora.

A família de Débora, que ainda mantém esperanças de recuperação, confirmou que ela tinha uma medida protetiva contra o ex-namorado, emitida cerca de um mês antes do incidente. A vítima teria sido agredida pelo até então companheiro. Apesar disso, ela se encontrava com ele no momento do ocorrido.

0:00
/

"Não adianta vim os seus amigos familiares me reprimir ofender a minha irma, santo ele nunca foi. Tem justiça estamos correndo atrás. Uma pessoa que atropelou uma pessoa, não deu os primeiros socorros e ligou só 10 horas [depois] do ocorrido para mim não inocente. Não vou me calar por medo. queremos justica," declarou a parente de Débora nas redes sociais.

As autoridades estão investigando o caso, e o ex-namorado pode ser indiciado por feminicídio ou tentativa de feminicídio, dependendo da evolução do estado de saúde de Débora. Vale pontuar que não se sabe o tema da discussão que provocou a tragédia. Enquanto isso, a família da vítima clama por justiça e pede orações, manifestando-se fortemente contra o ex-namorado.

Nas redes sociais da parente, um comentário destaca que o ângulo das imagens mostra os dois correndo e que “a batida teria sido em sentido oblíquo, logo, a pessoa teria que correr junto ao carro e na direção dele”, destacou o internauta, finalizando com sua opinião: “ele vai acabar pegando omissão de socorro no máximo”.

A parente de Débora termina a conversa esclarecendo: “temos mais coisas”.

FONTE: JORNAL RAZÃO

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes