Ir para o conteúdo

Vídeo: Milicianos que ‘fiscalizavam’ rua na Compensa são presos

🎥Eles foram presos em posse de porções de maconha, cocaína e uma pedra de oxi.🎥

A ação foi coordenada pelo 8.º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e Departamento de Polícia Metropolitana (DPM)

Paulo Roberto Matos Medeiros, de 33 anos, Adriano de Almeida Castro, de 25 anos; Carlos Kennedy Ferreira Dantas de Oliveira e um suspeito, com nome não divulgado, foram presos na Operação Liberdade da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM). Na ação foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão, realizadas quatro prisões e apreendidas drogas, armas e dinheiro.

Operação Liberdade foi deflagrada com o intuito de devolver a liberdade às pessoas que estão sob o domínio das milícias no bairro Compensa, Zona Oeste da capital.

O delegado Fábio Aly, titular do 8.º Distrito Integrado de Polícia (DIP), explicou que essa é a segunda fase da Operação Liberdade, em cima de grupos no bairro Compensa, e teve a duração de cinco meses.

“Nós conseguimos prender o líder do grupo que coordena o tráfico na rua Santa Luzia e todos eles [presos] moram na mesma rua. Hoje, fizemos a operação que resultou na prisão de mais três presos em cumprimento de mandado de prisão. Em duas situações houve o flagrante”, destacou a autoridade policial.

Na ocasião, Paulo Roberto Matos Medeiros, de 33 anos, foi preso em posse de porções de maconha, cocaína e uma pedra de oxi. Paulo Roberto Matos Medeiros, de 33 anos, foi preso em posse de porções de maconha, cocaína e uma pedra de oxi.

Adriano de Almeida Castro, de 25 anos, possuía mandado de prisão e também foi preso em flagrante com maconha, três pedras de oxi, porção de cocaína e 200 trouxinhas da mesma substância, além de um revólver, 12 munições calibre 38, e R$ 6,2 mil em espécie.

Um terceiro indivíduo, identificado como Carlos Kennedy Ferreira Dantas de Oliveira, também foi preso, e outro de identidade não revelada.

A ação foi coordenada pelo 8.º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), com o apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core-AM) e Secretaria-Executiva Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM).

VEJA O VÍDEO

0:00
/
Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes