Ir para o conteúdo

Dito & Feito: A GUERRA DO LIXO EXPLODE EM MANAUS!

O prefeito David Almeida (Avante) e o pré-candidato a prefeito Amon Mandel (Cidadania) estão travando uma verdadeira guerra do lixo.

Charge de Mario Adolfo

Pelo andar da carruagem, ou do caminhão de lixo, nas eleições municipais de 2024 não vai ter sujeira.

O prefeito David Almeida (Avante) e o pré-candidato a prefeito Amon Mandel (Cidadania) estão travando uma verdadeira guerra do lixo. O quiproquó começou quando o deputado  federal do alto de seus 23 alunos juntou uma porção de meninos maluquinhos e saíram catando lixo onde o secretário da Semulsp (Secretaria de Limpeza Pública), Sabá Reis até hoje não passou. Caminhão cheio de garrafas Pet, embalagem de quentinha, copo descartável, restos de papel higiênico usado, fogão esculhambado, geladeira velha, chinelo sem alça, fralda suja, cueca furada, espinhaço de  jaraqui, um chapéu de abas largas vermelho (que parecia o do prefeito) e tudo o que não presta, Amon deu ordem pro motorista do caminhão.

— Ô roda presa, toca pra lixeira que vou ensinar esse tal de Sabá como se recolhe lixo!

Chegando lá foi um Deus nos acuda. Amon com voz angelical perguntou:

— Ei, seu menino, onde eu posso despejar meu lixo?

O “seu menino”   que Amon chamou era o próprio secretário Sabá Reis, que estava trabalhando em pleno domingo (coisa rara).

Já meio puto porque não foi reconhecido, Sabá gritou para o porteiro:

— Tu conheces esse gari novato?

— Gari é um cacete! Sou Amon!

Ao ouvir isso, sabá passou os cincos cadeados no portão e depois desceu a tranca e espalhou tachinhas no chão.

— Na minha lixeira não entra lixo estranho! –, advertiu o secretário.

— Ah é? – respondei Amon – Então, galera, vamos despejar o lixo aqui na porta.

Os meninos abriram a carroceria e o monturo de lixo desabou, cobrindo o porteiro e até o secretário, que só ficou com pés de fora.

Dizem que Sabá está fazendo um mutirão em mais de dez igarapés pra domingo e jogar o lixo recolhido lá no condomínio do Amon.

Não sou calça frouxa !

Aliás, o secretário Sabá Reis foi visto nesta segunda-feira lá  igarapé do Goiabinha.

Ao ser perguntado por uma jornalista se ele estrava com receio do prefeito pedir sua cabeça porque ele deixou Amon Mandel chegar primeiro aos bolsões de lixo, Sabá Reis respondeu:

*

—   A intenção daquele Menino Maluquinho é  desgastar o prefeito David Almeida. Mas eu assumo aqui a responsabilidade com relação à Semulsp. Eu não transfiro isso pro prefeito. Eu não sou calça frouxa, não sou!

Marcelo na boca do lixo

Comendo pelas beiradas, o  pré-candidato do PT, Marcelo Ramos foi até uma lixeira viciada, e com o monturo de resíduos dando no meio da canela disparou sua metralhadora giratória no rumo do prefeito David Almeida e do deputado Amon.

*

Marcelo criticou dizendo que  lixeiras viciadas são  provas da “precariedade e da falta de qualidade”  do serviço de coleta de lixo contratado pela prefeitura, que custa milhões, mas  que não resolve o problema da população;

Estilo Amon não resolve

Dito isso, o candidato do Lula  apontou as críticas em direção a Amon Mandel:

— Agora imaginem se a solução que eu oferecesse para esse problema fosse colocar esse monte de lixo em um caminhão e fosse jogar lá na frente da lixeira?

Xô factoide!

Para Ramos, é óbvio que não se resolve o problema do lixo na  da cidade de Manaus “criando factoides”.

Segundo ele, seu programa de governo vai dar soluções estruturantes para o problema do lixo em Manaus.

*

— Primeiro  com um  trabalho de conscientização da comunidade em que ela saberá a hora que o carro coletor vai passar para despejar o lixo. E também com um programa de conscientização ambiental  para o  reaproveitamento do lixo e do que pode ser reciclável.

Birra de menino barrigudo

Pra matar a pau, Marcelo Ramos disse que enquanto o prefeito e um deputados federal ficam com “birra de criança”, ele vai trabalhar para oferecer  soluções efetivas para melhorar “a cidade de Manaus e a vida de nossa gente”.

Wilson na torcida

Apesar de ser paraenses, de Santarém, governador do Amazonas, Wilson Lima (União Brasil) pediu votos para sister amazonense do reality show Big Brother Brasil 2024, Isabelle Nogueira.

*

Além de Isabelle, estavam entre os finalistas o baiano Davi Brito e o gaúcho Matteus Amaral.Pelo andar da carruagem, ou do caminhão de lixo, nas eleições municipais de 2024 não vai ter sujeira.

O prefeito David Almeida (Avante) e o pré-candidato a prefeito Amon Mandel (Cidadania) estão travando uma verdadeira guerra do lixo. O quiproquó começou quando o deputado  federal do alto de seus 23 alunos juntou uma porção de meninos maluquinhos e saíram catando lixo onde o secretário da Semulsp (Secretaria de Limpeza Pública), Sabá Reis até hoje não passou. Caminhão cheio de garrafas Pet, embalagem de quentinha, copo descartável, restos de papel higiênico usado, fogão esculhambado, geladeira velha, chinelo sem alça, fralda suja, cueca furada, espinhaço de  jaraqui, um chapéu de abas largas vermelho (que parecia o do prefeito) e tudo o que não presta, Amon deu ordem pro motorista do caminhão.

— Ô roda presa, toca pra lixeira que vou ensinar esse tal de Sabá como se recolhe lixo!

Chegando lá foi um Deus nos acuda. Amon com voz angelical perguntou:

— Ei, seu menino, onde eu posso despejar meu lixo?

O “seu menino”   que Amon chamou era o próprio secretário Sabá Reis, que estava trabalhando em pleno domingo (coisa rara).

Já meio puto porque não foi reconhecido, Sabá gritou para o porteiro:

— Tu conheces esse gari novato?

— Gari é um cacete! Sou Amon!

Ao ouvir isso, sabá passou os cincos cadeados no portão e depois desceu a tranca e espalhou tachinhas no chão.

— Na minha lixeira não entra lixo estranho! –, advertiu o secretário.

— Ah é? – respondei Amon – Então, galera, vamos despejar o lixo aqui na porta.

Os meninos abriram a carroceria e o monturo de lixo desabou, cobrindo o porteiro e até o secretário, que só ficou com pés de fora.

Dizem que Sabá está fazendo um mutirão em mais de dez igarapés pra domingo e jogar o lixo recolhido lá no condomínio do Amon.

Não sou calça frouxa !

Aliás, o secretário Sabá Reis foi visto nesta segunda-feira lá  igarapé do Goiabinha.

Ao ser perguntado por uma jornalista se ele estrava com receio do prefeito pedir sua cabeça porque ele deixou Amon Mandel chegar primeiro aos bolsões de lixo, Sabá Reis respondeu:

*

—   A intenção daquele Menino Maluquinho é  desgastar o prefeito David Almeida. Mas eu assumo aqui a responsabilidade com relação à Semulsp. Eu não transfiro isso pro prefeito. Eu não sou calça frouxa, não sou!

Marcelo na boca do lixo

Comendo pelas beiradas, o  pré-candidato do PT, Marcelo Ramos foi até uma lixeira viciada, e com o monturo de resíduos dando no meio da canela disparou sua metralhadora giratória no rumo do prefeito David Almeida e do deputado Amon.

*

Marcelo criticou dizendo que  lixeiras viciadas são  provas da “precariedade e da falta de qualidade”  do serviço de coleta de lixo contratado pela prefeitura, que custa milhões, mas  que não resolve o problema da população;

Estilo Amon não resolve

Dito isso, o candidato do Lula  apontou as críticas em direção a Amon Mandel:

— Agora imaginem se a solução que eu oferecesse para esse problema fosse colocar esse monte de lixo em um caminhão e fosse jogar lá na frente da lixeira?

Xô factoide!

Para Ramos, é óbvio que não se resolve o problema do lixo na  da cidade de Manaus “criando factoides”.

Segundo ele, seu programa de governo vai dar soluções estruturantes para o problema do lixo em Manaus.

*

— Primeiro  com um  trabalho de conscientização da comunidade em que ela saberá a hora que o carro coletor vai passar para despejar o lixo. E também com um programa de conscientização ambiental  para o  reaproveitamento do lixo e do que pode ser reciclável.

Birra de menino barrigudo

Pra matar a pau, Marcelo Ramos disse que enquanto o prefeito e um deputados federal ficam com “birra de criança”, ele vai trabalhar para oferecer  soluções efetivas para melhorar “a cidade de Manaus e a vida de nossa gente”.

Wilson na torcida

Apesar de ser paraenses, de Santarém, governador do Amazonas, Wilson Lima (União Brasil) pediu votos para sister amazonense do reality show Big Brother Brasil 2024, Isabelle Nogueira.

*

Além de Isabelle, estavam entre os finalistas o baiano Davi Brito e o gaúcho Matteus Amaral.

Senta o dedo!

O governador já havia pedido votos para a amazonense durante a semifinal do programa.

— Senta o dedo aí para que a Isabelle seja a grande campeã –, conclamou.

Farra das passagens

A Agência Reguladora de Serviços Públicos do Amazonas (Arsepam) vai acabar com a farra nos preços das passagens para Parintins.

— Deu certo a nossa união e a nossa cunhã Isabelle está na grande final do Big Brother Brasil”, declarou Wilson Lima em um vídeo compartilhado em seu perfil nas redes sociais.

...para Parintins

Com a aproximação do festival, o olho gordo das agências de viagens e operadoras cresce e os preços das passagens disparam, ficando pela “ hora da morte”, como diz o consumidor .

Manera a ganância

Para frear a ganância, a Arsepam vai intensificar a fiscalização sobre os valores das passagens do transporte hidroviário intermunicipal durante o 57º Festival de Parintins (distante 369 quilômetros de Manaus).

Tarifa justa

O objetivo é garantir uma tarifa justa para a população que utilizará esse meio de transporte, por meio do Porto de Manaus/Manaus Moderna.

*

— Nosso compromisso é que os visitantes da Ilha da Magia tenham acessibilidade, segurança e conforto durante todo o translado –, disse o diretor-presidente da Arsepam, Ricardo Lasmar.

Ciência em risco

O Instituto de Pesquisa da Amazônia (Inpa)  correu o risco de perder todo o seu material de pesquisa.

Tudo por conta do apagão que sofreu desde a segunda-feira. O material biológico é mantido congelado no  Bosque da Ciência e, sem energia, fazer o quê?

ÚLTIMA HORA

A GANG DA LAVA-JATO – Moro e Deltan armaram esquema para “promover o desvio” de 2,5 bilhões de reais do Estado brasileiro Sérgio

Relatório da investigação do CNJ sobre irregularidades na Lava-Jato, em Curitiba, acusa Sergio Moro, Gabriela Hardt e Deltan Dallagnol de terem se unido para “promover o desvio” de 2,5 bilhões de reais do Estado brasileiro com o objetivo de criar “uma fundação voltada ao atendimento a interesses privados”. As informações são de Veja.

A investigação sugere que o trio teve ajuda de gerentes da Petrobras e agentes públicos americanos para desviar o dinheiro. A conclusão da investigação aponta para a necessidade de abertura de uma investigação criminal com o objetivo de apurar os objetivos existentes para o desvio do dinheiro.

O desvio do dinheiro só não se consumou em razão de decisão do Supremo Tribunal Federal”, diz o CNJ.

ORGULHO

Sean Ono Lennon e James McCartney: revivendo a dupla famosa dos Beatles

A dupla como John Lennon e Paul McCartney deixou de existir com o fim dos Beatles e a morte de Lennon - mas homenagens são sempre bem-vindas. É o que fizeram, de certa forma, Sean Ono Lennon e James McCartney, os filhos dos músicos. Amigos de longa data, eles lançaram recentemente a música Primrose Hill, que compuseram juntos. James McCartney já tem dois EPs e dois álbuns, o último de 2016. Ele já contribuiu em canções de Paul e de sua falecida mãe, Linda McCartney. Sean Ono Lennon também tem trabalhos solo, além de projetos coletivos. Em março, ele ganhou um Oscar por ter produzido War Is Over!, vencedor de melhor curta de animação, inspirado na música homônima escrita por John Lennon e Yoko Ono. Paul McCartney divulgou o lançamento do filho em seu Facebook. “Meu filho James lançou uma nova música chamada Primrose Hill - confira! E muito amor para Sean Ono Lennon, que co-escreveu a música”, publicou o músico.

VERGONHA

Caboco tranca rua – Para descarregar a carga de tijolo, motorista trancou a rua atrapalhando o trânsito

Para o motorista do caminhão, não importa se ele está fechando uma rua inteira e impedindo os outros motoristas de seguirem sua rota. Para ele, o importante é descarregar os tijolos e o resto que se dane. A cena de abuso aconteceu às 09h30m no bairro do Coroado –fruto de uma invasão com ruas estreitas e excesso de veículos, principalmente de cargas –,  onde todo tipo de absurdo no trânsito é praticado, sem que que acha qualquer fiscalização. É muita cara de pau.

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes