Ir para o conteúdo

Dito & Feito: BATMAN BARÉ — Manaus não precisa de candidato que se diz herói, dispara Marcelo Ramos

O pré-candidato a prefeito de Manaus, Marcelo Ramos (PT), detonou o discurso falacioso do deputado federal Alberto Neto (PL)

Charge de Mário Adolfo

O pré-candidato a prefeito de Manaus, Marcelo Ramos (PT), detonou o discurso falacioso do deputado federal Alberto Neto (PL), que em tom dramático disse no lançamento de sua candidatura que “ eu quero tornar Manaus “ uma cidade segura para você criar o seu filho” .

O candidato de extrema-direita, que passou a perna no coronel Alfredo Menezes para “ ficar assim com Bolsonaro” , também disse que já foi policial e já botou muito bandido na cadeia”. Foi aí que petista arrepiou:

—  O que o candidato bolsonarista não disse é que, como deputado federal ele votou para soltar o assassina da vereadora Marielli Franco, também acusado para fazer parte de milícia no Rio de Janeiro – ,disse o petista, citando o acusado de matar a vereadora, deputado Chiquinho Brazão, que está preso.

Aonde vai, valentão?

Como estava na afrente do seu “alvado preferido”, Alberto Neto se rasgou todo no discurso.

— Ele fica muito valente quando se trata de um deputado rico (Francisco Frazão)  e aliado presidente dele –, cutucou Ramos.

O pré-candidato a prefeito do PT  criticou o evento do deputado do PL que trouxe Jair Bolsonaro  a Manaus, mesmo passando muito mal da erisipela.

*

— O lançamento de uma pré-candidatura a prefeito deveria ter aproveitado a oportunidade para debater os problemas de Manaus, mas, como aconteceu nos quatro anos do governo Bolsonaro não ficou nada pra cidade.

Ao garantir  que vai tratar a politica de segurança pública  com seriedade, Marcelo anunciou que vai realizar concursos para guarda municipal, criar uma valorização salarial para esse policiais,  iluminar espaço público – “isso tem tudo a ver com  com segurança”.

Manaus não precisa de Batman

Quanto aos assaltos de ônibus, o petista adiantou que vai  linkar as câmeras de ônibus com o banco de dados da polícia para o assaltante ser detectado assim que entrar no ônibus e preso pela viatura mais próxima.

– Manaus não precisa de um Batman, preciso de um prefeito sério comprometido com a segurança!

Nasce uma orquestra

Quem foi ao Teatro Amazonas no domingo (05) assistiu a um momento histórico na vida cultural de Manaus.

O nascimento de uma orquestra com o DNA amazônico – a Orquestra Sinfônica da Amazônia.

*

Idealizada pelo mastro , idealizada pelo maestro Ruben Souza, a OSA fez sua primeira apresentação às 19h, quando seus 50 músicos, em início de careira, muito jovens ainda, mostraram que talento não tem idade.

Um violinista de 13 anos

A grande surpresa foi a apresentação do garoto Victor Amazonas, de  apenas 13 anos que solou o Concerto N° 3 em Sol Maior para violino e orquestra, e a Sinfonia N° 41 em Dó Maior "Júpiter" de Mozart, que  abriu o concerto.

*

Victor é conhecido pela habilidade e rapidez quando toca, e para conseguir o feito, o violinista realiza a prática do instrumento no mínimo 3h por dia.

Aplausos e lágrimas

Muito aplaudido, o garoto chegou a chorar no palco ao

Lembrar que esta foi a  terceira vez que ele fez o solo de um concerto.

*

— A primeira vez, eu tinha 7 anos. Solei Vivaldi na OCA, e aos 10 anos na Amazonas Filarmônica, eu fiz o solo de Mozart. E agora, para a estreia da OSA, eu estou muito ansioso para realizar o meu melhor solo –, declarou enxugando as lágrimas.

Nasce uma orquestra

Quem foi ao Teatro Amazonas no domingo (05) assistiu a um momento histórico na vida cultural de Manaus.

O nascimento de uma orquestra com o DNA amazônico – a Orquestra Sinfônica da Amazônia. Criado como orquestra residente do ICBEU.

*

Idealizada pelo maestro Ruben Souza, a OSA fez sua primeira apresentação às 19h de domingo, com o teatro lotado,  quando seus 50 músicos, em início de carreira pisaram no palco e  mostraram que competência r talento não tem idade.

Um violinista de 13 anos

Victor Amazonas, da OSA: conquistando plateias aos 13 anos

A grande surpresa foi a apresentação do garoto Victor Amazonas, de  apenas 13 anos que solou o Concerto N° 3 em Sol Maior para violino e orquestra, e a Sinfonia N° 41 em Dó Maior "Júpiter" de Mozart, que  abriu o concerto.

*

Victor é conhecido pela habilidade e rapidez quando toca, e para conseguir o feito, o violinista realiza a prática do instrumento no mínimo 3h por dia.

Aplausos e lágrimas

Muito aplaudido, o garoto chegou a chorar no palco ao

Lembrar que esta foi a  terceira vez que ele fez o solo de um concerto.

*

— A primeira vez, eu tinha 7 anos. Solei Vivaldi na OCA, e aos 10 anos na Amazonas Filarmônica, eu fiz o solo de Mozart. E agora, para a estreia da OSA, eu estou muito ansioso para realizar o meu melhor solo –, declarou enxugando as lágrimas.

Vereador ameaça Madonna

A cantora Madonna deve estar morrendo de medo.

Na sessão desta segunda-feira (06), da Câmara, o vereador Capitão Carpê manifestou o que ele chamou de “ repúdio” o show da popstar, em Copacabana, Rio de janeiro.

Disse que aquilo que a TV mostrou ao vivo era pornografia e que, quem  tem filhos não pode  admitir isso.

Era só desligar a TV

Carpê também baixou o sarrafo na TVB Globo que transmitiu o show.

Agora, o que ninguém entende é porque Carpê não desligou o aparelho de TV. Era só apertar o  controle.

Mas, pelo visto ele viu tudo até o fim.

*

E será que o vereador bolsonarista de extrema-direita  tirou as crianças da sala?

Picaretagem na Lava Jato

O relatório da Polícia Federal enviado para o Conselho Nacional de Justiça no processo contra a juíza Gabriella Hardt indica que o modus operandi das delações premiadas na Operação Lava Jato era ilegal.

*

Segundo a descrição dos fatos apresentada no documento, praticamente todos os acordos feitos na 13ª Vara Federal de Curitiba podem ser anulados.

Picaretagem 2

O delegado Élzio Vicente da Silva indica que a Lava Jato oferecia aos réus o pagamento de acordos de leniência e colaborações premiadas em troca da não execução penal. Os acordos sequer seguiam o rito jurídico adequado e já eram homologados.

*

Os recursos, então, eram destinados pelo juiz da Vara para contas bancárias.

ÚLTIMA HORA

URGÊNCIA –  Bolsonaro deixa Manaus e cancela retorno a Brasília, seguindo direto pra São Paulo onde será internado novamente

Bolsonaro: internado em Manaus e transferido para São Paulo

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) precisou mudar o plano de transferência, previsto para Brasília nesta segunda-feira, 6, de acordo com o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), filho do ex-chefe do Executivo, e será atendido em São Paulo, no hospital Vila Nova Star, na zona sul da capital paulista, após sentir dores abdominais. A informação é do advogado e assessor do ex-presidente Fábio Wajngarten.

A mudança de planos ocorreu após o ex-presidente se queixar de um desconforto abdominal na manhã desta segunda. O ex-presidente deve ser avaliado pelo médico Antonio Macedo, o mesmo que o atendeu em setembro do ano passado com os mesmo sintomas. Ele chegou a ser submetido a duas cirurgias na unidade hospitalar da capital paulista.

*

Bolsonaro foi atendido na manhã de sábado, 4, em um hospital no Amazonas, para tratar de uma infecção de pele. Ele chegou a ter alta no mesmo dia, mas precisou retornar à unidade hospitalar no domingo, 5, para tratar o problema.

ORGULHO

Madonna: nem todo mundo que está de verde e amarelo em Copacabana defende golpe.

Madonna usou a camisa do Brasil, sacudiu a bandeira nacional e conseguiu unir o que a política separou: mais de 1 milhão e meio de pessoas na praia de Copacabana, no Rio, embaladas num amor único pela música da rainha do pop. Além de grandioso, o espetáculo deste sábado, 4, transmitido ao vivo pela TV, foi um soco no etarismo e preconceitos. Do alto dos seus 65 anos, Madonna cantou e dançou durante 2 horas, mostrando que idade não é problema para ela e que, ao contrário, continua plena.

E mais uma vez a diva usou a própria imagem para quebrar preconceitos – como sempre fez – ao beijar na boca uma bailarina, jovem trans, durante o espetáculo.

VERGONHA

Tal pai, tal filho:Marcelo Adnet deu no olho de Eduardo Bolsonaro

Esse Eduardo Bolsonaro fala muita besteira. O comediante Marcelo Adnet rebateu uma crítica do deputado federal referente às visitas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao Rio Grande do Sul. Em suas redes sociais, o filho do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que Lula viajou primeiro a Santa Maria, terra natal do ministro da Secretaria de Comunicação Social (Secom), Paulo Pimenta, e só depois se dirigiu ao "epicentro da tragédia" em Porto Alegre. Em resposta à publicação de Eduardo Bolsonaro, o humorista relembrou que em dezembro de 2021 enquanto a Bahia (BA) enfrentava uma crise gerada por fortes chuvas, Jair Bolsonaro estava de "férias". À época, a postura do ex-presidente foi intensamente criticada.

— Teu pai andou de jetski e ofereceu cloroquina pra uma ema", escreveu Adnet, referenciando também o episódio em que Jair Bolsonaro exibiu uma caixa de cloroquina - medicamentos defendidos por ele para o tratamento da COVID-19 sem eficácia comprovada - para emas no Palácio da Alvorada em meio a pandemia.

OUTRAS PALAVRAS

“Fracassei em tudo o que tentei na vida.

Tentei alfabetizar as crianças brasileiras, não consegui.
Tentei salvar os índios, não consegui.
Tentei fazer uma universidade séria e fracassei.
Tentei fazer o Brasil desenvolver-se autonomamente e fracassei.
Mas os fracassos são minhas vitórias.
Eu detestaria estar no lugar de quem me venceu”.

DARCY RIBEIRO

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes