Ir para o conteúdo

Dito & Feito: AINDA É CEDO – Wilson vai anunciar seu candidato a prefeito no “momento certo”

O governador do Amazonas adiantou que todos têm suas bandeiras partidárias e simpatias políticas, mas não haverá distinção

Wilson Lima - Charge de Mário Adolfo

Durante a abertura do abertura dos trabalhos Legislativos 2024, quando fez a leitura de sua   Mensagem Governamental, Wilson Lima (UB) fez questão de deixar bem claro qual será o seu comportamento político neste ano de eleições municipais.

— Há sempre uma expectativa com relação ao posicionamento do governador nesse processo. No momento certo isso acontecerá.

No entanto, Wilson adiantou que todos têm suas bandeiras partidárias e  simpatias políticas, mas não haverá distinção e todos serão tratados de forma democrática, independente de apoio político.

— Agora, o que eu quero reforçar que em nenhum momento isso vai afetar o compromisso e as entregas que a gente faz a Manaus e às cidades do interior –, prometeu o governador.

Harmonia até na eleição

Pelo teor do discurso, mesmo que determinado momento tenha que se posicionar por um nome, Wilson promete  defender “a harmonia entre os poderes”.

*

— Vamos continuar trabalhando independente de bandeira partidária, de posicionamento, de quem é situação e oposição צ, garantiu.

Tempos de seca

Na tribuna da Assembleia Legislativa, o governador  reconheceu que o ano de 2023 foi desafiador em razão da estiagem, mas o  parlamento foi fundamental para que o governo pudesse encontrar soluções que viessem no tempo em que as pessoas estavam precisando.

*

— Em 2024, meu compromisso é continuar honrando com as emendas dos deputados, de continuar esse diálogo com o presidente Roberto Cidade e com os demais deputados para que a gente cumpra com a nossa missão, que é melhorar a vida das pessoas que moram neste Estado –, afirmou.

Conte comigo

Em troca, o presidente da Assembleia, Roberto Cidade renovou o compromisso – em nome dos  de todos os 24 deputados –,  de “atuar em busca de políticas públicas que atendam as necessidades e aspirações dos cidadãos”.

Gentileza gera gentileza

A “troca de gentilezas” entre o governador e o presidente da Assembleia Legislativa confirma o que andam falando  alto pelos botecos e gritam no mercado que com certeza: o deputado Roberto Cidade é o provável candidato de Wilson a  prefeito nas eleições de outubro.

*

Não é à toa que ele anda colado ao governador nas solenidades de inauguração de obras e ações do  governo.

Tem cheiro de racha no ar

Para completar  o escancarado racha entre Wilson Lima  e David Almeida , o prefeito de Manaus não deu o ar de sua graça à leitura Mensagem Governamental na Assembleia, como é de praxe.

Se Zé não vai...

O ex-deputado federal Zé Ricardo (PT)  descartou qualquer possibilidade de sair do PT para disputar a prefeitura de Manaus pelo a prefeito pelo PDT.

O convite aconteceu de fato. O PDT convidou o também ex-deputado Francisco Praciano para  se filiar ao partido. Mas Praciano respondeu se só iria se Zé Ricardo também fosse.

...eu também não vou!

E como Zé não vai, Praciano também não vai.

— Se eu fosse, ele iria. Mas eu não quero sair do PT. Agradeço aos companheiros do PDT – disse Zé Ricardo à coluna Dito&Feito.

Ou prefeito, ou vereador

Aliás, Zé Ricardo Ricardo já bateu o martelo.

Ele é candidatíssimo às eleições municipais de outubro.

— Serei candidato de qualquer jeito. Se  não for a prefeito, serei candidato a vereador para continua a luta por nosso projetos – disse o petista.

Castro promete apoio

O PT ainda não decidiu mas é bem provável que saia com candidatura própria para disputar a prefeitura.

E de antemão o ex-deputado Luiz Castro, um dos líderes do PDT já avisou que, se Zé foi candidato pode contar com o apoio do  PDT.

*

— Sou favorável que o PT saia com candidato próprio. Mas, por hora,  aguardo a decisão do partido para poder abrir um diálogo com  PDT e construir esse apoio.

A explosão da cocaína

De acordo com um relatório do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (Undoc), a  Colômbia, o maior produtor mundial de cocaína, aumentou a área de colheita de folhas de coca em quase 13% em 2022, atingindo um recorde de 230 mil hectares.

*

Para se ter uma ideia, trata-se de um território maior que a cidade de São Paulo e quase duas vezes o tamanho da cidade do Rio de Janeiro.

Por debaixo do pano

Tribunal de Barcelona rejeitou o pedido do Ministério Público da Espanha para que o julgamento de Daniel Alves, acusado de abuso sexual, fosse realizada a portas fechadas.

*

A decisão dos magistrados foi de realizar as sessões de forma aberta, com a presença da imprensa, mas captações de áudio e imagem estão vetadas.

Atrás do biombo

Também foram determinadas medidas de proteção à identidade da vítima, conforme informado pelo jornal espanhol El Periódico.

A mulher de 23 anos que denunciou ter sido violentada sexualmente por Daniel Alves, na casa noturna Sutton, prestará depoimento atrás de um biombo.

*

Além disso, a imagem dela será reproduzida em vídeo, mas pixelizada, e a voz será distorcida com efeitos especiais.

ÚLTIMA HORA

AGORA VAI – Como Lewandowski pretende enfrentar o crime organizado

Flávio Dino, Lula e Lewandowski: desafio é o combate ao crime organizado

Para combater o crime organizado é preciso "aprofundar as alianças com estados e municípios".

O recado foi dado pelo recém-empossado  Ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski . Ele pontuou em seu discurso de posse, nesta quinta-feira (1°), os desafios para lidar com o problema. Um trabalho que, segundo ele, já vinha sendo feito pelo seu antecessor, Flávio Dino.

— É preciso superar a fragmentação federativa e estabelecer um esforço nacional conjunto para neutralizar as lideranças das organizações criminosas e confiscar seus ativos, porque elas não podem sobreviver sem recursos para custear seus soldados e suas operações –, afirmou.

*

Em defesa de instrumentos de ressocialização, Lewandowski também declarou que não existem "soluções fáceis" e não basta "exacerbar as penas previstas" ou "promover o encarceramento em massa de delinquentes".

— Para além de reunir informações dos organismos ligados à segurança pública, buscaremos integrar nesse esforço outra entidades que possam contribuir para a identificação de movimentações financeiras e patrimoniais que alimentam as estruturas criminosas, com Receita Federal, Coaf, CNJ, os Tribunais de Conta, o Denatran e os Detrans, além de entidades da sociedade civil com poder de auto regulação, como a Febraban", completou.

ORGULHO

 Mônica Costa: Educação financeira para auxiliar mulheres negras

A especialista em finanças Mônica Costa recebeu o Prêmio Educação Financeira Transforma do Instituto XP em 2021 pelo método desenvolvido para auxiliar mulheres negras. Costa aplica o método desde 2020 e já conseguiu transformar a vida de 3 mil mulheres no Brasil e em outros países.

Para a especialista, a população negra brasileira não tem acesso a referências de prosperidade. Ela também não tinha. Mas atualmente é uma das mais importantes do meio e auxilia, principalmente, mulheres negras.

— Esse processo começa com a minha própria história, como uma mulher negra de nível superior num país que ainda mantém uma população com a mulher negra na base da pirâmide socioeconômica –, disse.

VERGONHA

Autor de um trabalho investigativo ímpar sobre o ex-Bope e miliciano Adriano da Nóbrega, uma das principais figuras do caso Marielle Franco, o jornalista Sérgio Ramalho acredita que o clã Bolsonaro, encabeçado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), teme pela elucidação dos fatos. Ramalho destacou o novo escândalo envolvendo a família Bolsonaro, o esquema conhecido como “Abin paralela”. As evidências reveladas até agora apontam que a gestão do ex-presidente teria monitorado ilegalmente diversas autoridades, entre elas a promotora Simone Sibilio, que deixou o caso Marielle em 2021.

Tem algo realmente que essa família teme nessa investigação, senão o que teria motivado que eles ficassem monitorando a promotora do caso? –, disparou Sergio Ramalho.

Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes